Info

Ministério pede esclarecimentos a inquérito sobre orientação sexual de alunos do Porto

| Norte
Porto Canal com Lusa

O Ministério da Educação (ME) pediu a uma escola do Porto esclarecimentos sobre um inquérito em que alunos do 5.º ano são questionados sobre a opção sexual, concretamente se se sentem "atraídos por homens, mulher ou ambos".

Atualizado 11-10-2018 12:58

A informação foi adiantada à Lusa por fonte oficial do ME, depois de questionada sobre a "ficha sociodemográfica" distribuída no âmbito da disciplina "Cidadania" a pelo menos a uma turma de estudantes de 09 e 10 anos da escola básica (EB) Francisco Torrinha, segundo informações divulgadas nas redes sociais e confirmadas junto de encarregados de educação.

"O ME não conhecia o inquérito em questão. Sabe-se, para já, que é um caso isolado. O ME está a apurar informação junto do estabelecimento escolar em causa", lê-se na resposta da tutela.

Contactada pela Lusa, a Associação de Pais indicou a intenção de realizar uma reunião com a coordenação da escola para clarificar o caso, não pretendendo, antes disso, fazer declarações sobre o assunto.

A Lusa tentou também, sem sucesso, obter uma reação da coordenação da Escola Francisco Torrinha e da sede do agrupamento, a Escola Garcia de Orta.

De acordo com um encarregado de educação ouvido pela Lusa, numa reunião de pais dos alunos do 5.º ano os responsáveis pelos alunos "foram avisados da existência" da disciplina "Cidadania", no âmbito da qual "se abordariam temas como as relações interpessoais e violência no namoro".

Os encarregados de educação receberam um papel em casa para autorizar a participação dos seus filhos nesta disciplina, mas não esperavam que fossem colocadas questões como estas, acrescentou o mesmo encarregado de educação.

+ notícias: Norte

Dois feridos e habitação destruída num incêndio numa "ilha" do Porto

Um homem e uma mulher sofreram este sábado ferimentos por queimaduras e inalação de fumos na sequência de um incêndio que destruiu uma casa de uma "ilha" do Porto (habitação de origem operária, típica da cidade), disse fonte dos Bombeiros.

GNR detém quatro suspeitos de tráfico de droga e apreende 8.500 doses em Santo Tirso

A Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou este sábado que deteve quatro homens em Santo Tirso (Porto) pertencentes "a uma rede organizada de tráfico de droga" que abastecia Valongo, Amarante e Marco de Canaveses (Porto), e apreendeu 8.500 doses de droga.

Alfaiate: uma profissão em extinção

Quarenta anos separam Manuel Rocha e Manuel Teles, ambos alfaiates, um há 77 anos e outro há apenas dez anos. Os dois estão na arte por paixão e lamentam a falta de seguidores e de escolas de formação.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.