Info

Greve por falta de assistentes operacionais fecha escola secundária em Braga

| Norte
Porto Canal com Lusa

A Escola Secundária Alberto Sampaio, em Braga, esteve esta terça-feira fechada até às 10h30, devido a uma greve dos trabalhadores em protesto contra a “escassez” de assistentes operacionais, disse à Lusa uma dirigente sindical.

Atualizado 10-10-2018 12:09

Segundo Helena Peixoto, do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte, o ano letivo arrancou com 25 assistentes operacionais, “quando, por portaria, deveriam ser 34”.

“O próprio diretor da escola diz que até deveriam ser 38, mas venham os 34. Assim é que não pode ser. Os que estão ao serviço trabalham a dobrar e estão exaustos, uma situação incomportável e inadmissível”, referiu, alertando que “é a própria segurança dos alunos que fica em causa”.

A dirigente sindical adiantou que, “após o anúncio da greve”, o Governo anunciou a contratação de mais 14 assistentes operacionais “a tempo parcial” para aquela escola.

“Na prática, é como se fossem sete trabalhadores a tempo inteiro, mas não sabemos quando é que chegarão. Mas o que nós defendemos é que o problema não se resolve com soluções pontuais e com contratos precários. Porque no próximo ano letivo lá voltaremos a ter o mesmo problema”, acrescentou.

Defendeu “uma solução definitiva”, com a colocação efetiva dos assistentes operacionais previstos na lei.

Na manifestação, os trabalhadores ostentavam uma tarja em que se lia “Falta pessoal nas escolas – Assistentes operacionais exaustos”.

A greve durou entre as 08h00 e as 10h30, hora a que os trabalhadores retomaram os seus postos de trabalho, permitindo o retomar das atividades letivas.

Helena Peixoto “avisou” que, se a situação se mantiver, os trabalhadores estão dispostos a voltar à luta.

A Lusa tentou ouvir o diretor da escola, mas ainda tal não foi possível.

+ notícias: Norte

Lançada petição pública para reativação da Linha do Douro até Barca d'Alva e Espanha

Os promotores de uma petição pública em defesa da requalificação e reativação da Linha Ferroviária do Douro, lançada este sábado na Régua, querem reunir até final do ano assinaturas suficientes para levar o abaixo-assinado à discussão no parlamento.

Idosa encontrada morta no rio Fervença, em Bragança

Uma idosa de 73 anos dada como desaparecida desde sexta-feira à tarde foi encontrada morta ao início da manhã deste sábado no rio Fervença, junto à ponte do Jorge, em Bragança, disse à Lusa fonte dos bombeiros locais. 

Falta de condições pode 'tirar' helicóptero do INEM a Santa Comba Dão

A falta de condições exigidas por normas europeias, para a aviação civil, da base permanente de helicópteros de Santa Comba Dão pode retirar a certificação a esta base e com isto retirar o helicóptero do INEM da região centro.

Atualizado 15-06-2019 11:34

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.