Info

Greve na Infraestruturas de Portugal sexta-feira afeta circulação de comboios

Greve na Infraestruturas de Portugal sexta-feira afeta circulação de comboios
| Economia
Porto Canal com Lusa

Os sindicatos dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP) marcaram uma greve para sexta-feira porque exigem negociar o contrato coletivo, um protesto que deverá provocar "fortes perturbações" na circulação de comboios, advertiu hoje a CP - Comboios de Portugal.

"Por motivo de greve convocada por organizações sindicais da Infraestruturas de Portugal [gestor da infraestrutura ferroviária], a CP informa que se preveem supressões em todos os serviços no dia 12 de outubro", anuncia a empresa em comunicado.

A CP refere que caso venham a ser definidos serviços mínimos pelo Tribunal Arbitral nomeado pelo Conselho Económico e Social, a informação será, entretanto, atualizada. Porém, a empresa avança que não serão disponibilizados transportes alternativos.

Quem já adquiriu bilhetes para viajar em comboios dos serviços Alfa Pendular, Intercidades, InterRegional, Regional e Celta que não se venham a realizar devido à greve, a CP afirma que a empresa "permitirá o reembolso no valor total do bilhete adquirido, ou a sua revalidação, sem custos".

Os sindicatos que convocaram a greve exigem "respostas às propostas sindicais tanto da parte da empresa como do Governo" em relação à negociação do acordo coletivo, disse o coordenador do Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário (SNTSF), José Manuel Oliveira, à Lusa.

"A empresa e o Governo pretendem fazer uma negociação sem a valorização salarial e profissional dos trabalhadores", defendeu o dirigente sindical, acrescentando que, nesta altura, "há uma grande distância" entre as posições dos sindicatos e da IP para que seja possível um acordo.

Segundo José Manuel Oliveira, além dos aumentos salariais, em causa estão divergências sobre matérias como a duração do tempo de trabalho, o repouso e descanso semanal ou a regulamentação de carreiras.

+ notícias: Economia

Trabalhadores dos impostos em greve no dia 27 pela negociação das carreiras

Os trabalhadores dos impostos cumprem no dia 27 uma nova greve em protesto pela revisão das carreiras, desta vez convocada pela Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária e Aduaneira (APIT) e cujo pré-aviso foi divulgado este sábado.

Isenção automática de IMI chegou este ano a 1,17 milhões de pessoas

A isenção de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) que é atribuída a pessoas com rendimentos e património imobiliário de baixo valor chegou este ano a 1,17 milhões de contribuintes.

Secretária de Estado da Habitação diz que "todos temos que lutar contra" crime no mercado imobiliário

Os preços das casas estão a estabilizar, mas continuam muito altos para a maioria dos portugueses. Em entrevista exclusiva ao Porto Canal, a secretária de Estado da Habitação, Ana Pinho, assume que a classe média está em dificuldade e mostra-se preocupada com as suspeitas de crime, associadas à especulação imobiliária no Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.