Info

Descida das temperaturas e chuva a partir de quinta-feira

Descida das temperaturas e chuva a partir de quinta-feira
| País
Porto Canal com Lusa

As temperaturas vão descer entre 2 e 5 graus Celsius a partir de quinta-feira, dia em que está prevista chuva, que poderá ser intensa em alguns locais de Portugal continental, segundo a meteorologista Maria João Frada.

"A partir de quinta-feira já vamos ter um padrão meteorológico mais compatível com o outono", disse à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Maria João Frada, para hoje e terça-feira ainda está previsto céu pouco nublado ou limpo com subida dos valores da temperatura máxima na ordem dos 3 a 5/6 graus nas regiões do Norte e Centro, em especial no litoral oeste.

"Vamos ter temperaturas máximas que no litoral oeste vão variar entre os 24 e os 28 graus e na zona do Vale do Tejo, em Santarém, estará perto dos 30 graus. Amanhã [terça-feira] não há alterações significativas, ou seja, continuam as temperaturas elevadas para esta altura do ano. De notar que as mínimas já são substancialmente mais baixas do que em setembro", disse.

Segundo a meteorologista do IPMA, na quarta-feira o cenário já será diferente, prevendo-se uma mudança de padrão em termos meteorológicos.

"Na quarta-feira prevê-se muita nebulosidade que vai afetar a região sul porque temos uma depressão a oeste da Madeira que vai deslocar-se para leste (...). Tem uma massa de ar relativamente quente associada com conteúdo de vapor de água elevado que depois no seu deslocamento por leste vem por sul começando a afetar o continente de sul para norte", explicou.

No que diz respeito à precipitação, Maria João Frada adiantou que na quarta-feira "é pouco provável, mas a acontecer será no sul e sem significado".

"Na quinta-feira, já teremos nebulosidade em todo o território com passagem de uma superfície frontal e até com alguma atividade que dará precipitação na generalidade do território, que pode ser intensa em alguns locais. A partir da tarde prevê-se uma melhoria", disse.

De acordo com Maria João Frada, na quinta-feira prevê-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 2 e 5 graus e depois não haverá grandes alterações.

"Portanto, os dias mais quentes serão hoje e amanhã e depois há uma tendência para começar a descer com a nebulosidade e a precipitação. No fim de semana, a situação deverá manter-se", disse.

+ notícias: País

Associação da GNR diz que agressões a militares em serviço estão a aumentar

A Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) lamentou este sábado que o Governo "ainda não tenha considerado" os polícias como uma profissão de risco, sublinhando que cada vez mais os militares da GNR são agredidos em serviço.

Incêndio em Oiã, Aveiro, provoca quatro feridos

Um incêndio numa fábrica de bicicletas na freguesia de Oiã, Oliveira do Bairro, distrito de Aveiro, causou este sábado quatro feridos, entre eles um bombeiro, disse à agência Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Falta de pagamento do Estado aos hospitais privados põe em causa cirurgias

Os hospitais privados ameaçam parar de fazer cirurgias aos doentes enviados pelo Serviço Nacional de Saúde caso o Estado continue a demorar tanto tempo a pagar. Já há médicos a recusar-se a operar uma vez que depois têm de esperar mais de dois anos para receber.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.