Info

Uma das três frentes do fogo em Oliveira de Azeméis foi dominada

Uma das três frentes do fogo em Oliveira de Azeméis foi dominada
| País
Porto Canal com Lusa

Uma das três frentes do incêndio que deflagra em Valmadeiros, Oliveira de Azeméis, desde quarta-feira à tarde, foi dominada, disse esta quinta-feira à Lusa o comandante dos bombeiros de Oliveira de Azeméis.

“Uma das três frentes já está dominada e em fase de rescaldo e o combate ao incêndio está a decorrer favoravelmente”, disse à Lusa a mesma fonte.

“A humidade que se tem sentido à noite”, tem ajudado os bombeiros, afirmou.

De acordo com os bombeiros de Oliveira de Azeméis o fogo está a ser combatido por cerca de 300 operacionais.

O incêndio começou em Valmadeiros, numa zona florestal, na União de Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz, e, pelas 19h50, estavam no local 297 bombeiros, apoiados por 92 viaturas.

O alerta para o incêndio em povoamento florestal, na localidade de Valmadeiros, no distrito de Aveiro, foi dado cerca das 14h49.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Aveiro disse à Lusa que no combate ao incêndio estão envolvidas várias corporações do distrito e foi acionado um grupo de reforço de Lisboa.

+ notícias: País

Mulher de 84 anos morre em incêndio na sua habitação em Viseu

Uma mulher de 84 anos de idade morreu este domingo na sequência de um incêndio no apartamento onde residia, na cidade de Viseu, e do qual seria a única a habitante.

Fidelidade regista maior número de participação de sempre após tempestade Leslie

A seguradora Fidelidade anunciou ter recebido mais de 5000 participações de ocorrências na sequência da tempestade Leslie, o maior sinistro de sempre em número de participações na história da seguradora.

Ryanair revela que fotografia dos tripulantes a dormir no chão foi encenada

Afinal foi encenada a fotografia dos tripulantes da Ryanair a dormir no chão de um aeroporto. A situação é demonstrada pela própria companhia aérea, ao divulgar as imagens da videovigilancia. O sindicato diz que a foto foi um gesto de protesto contra as más condições dadas à tripulação e acusa a Ryanair de ilegalidade na divulgação do vídeo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.