Info

Avaria elétrica no INEM resolvida

Avaria elétrica no INEM resolvida
| País
Porto Canal com Lusa

A avaria na central elétrica que condicionou o funcionamento dos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) desde a noite de quarta-feira ficou resolvida pelas 04h00, disse fonte do INEM.

Segundo disse a mesma fonte à Lusa, apesar da avaria elétrica, os CODU atenderam sempre as chamadas de emergência "com recurso ao plano de contingência" definido na quarta-feira à noite.

Uma avaria elétrica condicionou desde as 23h20 de quarta-feira o funcionamento dos Centros de Orientação de Doentes Urgentes, o que obrigou o Instituto Nacional de Emergência Médica a ativar o plano de contingência da linha de emergência 112.

"No sentido de poder continuar a garantir o trabalho regular dos CODU, e enquanto a empresa corrige a avaria, o INEM ativou no imediato o seu plano de contingência, solicitando aos centros operacionais 112 que o encaminhamento das chamadas referentes a situações de saúde fosse realizado para os telemóveis de reserva disponíveis nos CODU para utilização neste tipo de situações, garantindo deste modo a continuidade do funcionamento dos CODU", explicou o INEM num comunicado enviado à agência Lusa na quarta-feira.

"Todas as situações referentes a aconselhamento têm à sua disposição o número do centro de contacto do Serviço Nacional de Saúde, através do 808 24 24 24, o que permitirá que aos CODU cheguem apenas chamadas de verdadeiras emergências médicas", acrescentava a nota.

+ notícias: País

Ordem dos Enfermeiros abandona Convenção Nacional de Saúde

A Ordem dos Enfermeiros decidiu abandonar a Convenção Nacional de Saúde por considerar que o seu propósito já foi cumprido e que a hora é de agir, uma vez que a reflexão sobre o setor está feita.

Ordem dos Médicos diz que populações do Interior não têm o mesmo acesso aos cuidados de saúde

O presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), Carlos Cortes, criticou esta segunda-feira que as pessoas do interior não tenham o mesmo acesso à saúde do que os utentes do litoral.

Infarmed manda retirar lotes de medicamento para hipertensão da Mylan e AIM Teva

A Autoridade Nacional do Medicamento determinou a retirada do mercado de vários lotes de medicamentos contendo a substância ativa valsartan, usada no tratamento da tensão arterial elevada, produzidos pelos fabricantes AIM Teva e Mylan.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.