Info

Risco de incêndios vai continuar "muito elevado" nos próximos dias

Risco de incêndios vai continuar "muito elevado" nos próximos dias
| País
Porto Canal com Lusa

O risco de incêndio rural vai continuar "muito elevado" nos próximos dias, mantendo-se o alerta laranja (segundo mais grave de uma escala de cinco) até às 14:00 de quarta-feira, anunciou hoje a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Numa conferência de imprensa, realizada na sede da ANPC, em Carnaxide, o comandante nacional de operações e socorro, Duarte Costa, avançou que na quarta-feira será feita uma nova análise e decidida qual a tipologia de alerta para os próximos dias.

Segundo o comandante nacional, o risco de incêndio continua muito elevado devido ao tempo quente e seco.

Segundo Duarte Costa, nas últimas 72 horas registou-se um aumento das ocorrências de fogo, assim como um aumento dos incêndios "de maior complexidade".

"Acentua-se a tendência para o aumento da frequência de fenómenos extremos, e fora de época, nomeadamente suscetíveis de originarem grandes incêndios rurais", sustentou.

Também devido às circunstâncias meteorológicas expectáveis para a primeira quinzena de outubro, o Governo decidiu prolongar, até 15 de outubro, o período crítico de incêndios no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios, anunciou o presidente da ANPC, Mourato Nunes.

Este prolongamento do período crítico significa que vai continuar a ser proibido fazer no espaço florestal queimadas, queimas, lançar foguetes, fumar e utilizar certos tipos de maquinas agrícolas.

+ notícias: País

Vinte e quatro municípios não têm o plano municipal de combate aos fogos atualizado

Vinte e quatro municípios não têm o plano municipal de combate aos fogos atualizado. Entre eles estão o Porto e S. João da Madeira. O Ministro da Administração Interna admite coimas.

Autarquia de Viseu diz que solução encontrada para os doentes oncológicos não pode ser definitiva

O Centro Hospitalar Tondela-Viseu vai receber um reforço de médicos de Coimbra e Vila Real, para que os doentes oncológicos não sejam deslocados. Uma solução que resolve o problema no imediato mas autarquia e doentes dizem que não pode ser definitiva.

Aeródromo de Viseu vai ter centro de formação Aeronáutico

Depois de assinado um protocolo de colaboração com a autarquia de Viseu, o Instituto de Formação Aeronáutica vai instalar um centro de formação no aeródromo municipal para formar pilotos comerciais e também assistentes de cabine e técnicos de manutenção. A nova escola vem reforçar o investimento que está a ser feito na infraestrutura e apoiar o projeto de crescimento deste aerodromo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.