Info

Incêndio em sucata em Gondomar obrigou a encerrar escola "por precaução"

| Norte
Porto Canal com Lusa

O combate ao incêndio que deflagrou hoje numa sucata em São Pedro da Cova, Gondomar, “está a evoluir favoravelmente”, mas obrigou ao encerramento de uma escola “por precaução”, afirmou o presidente da câmara local, Marco Martins.

Atualizado 26-09-2018 12:04

“O fumo é muito denso, mas o combate está a evoluir favoravelmente. Colocou-se a hipótese de evacuar edifícios vizinhos, mas se forem cumpridas regras de segurança, como fechar janelas, não se torna necessário. A escola [EB1 de Fânzeres] foi encerrada por precaução”, disse Marco Martins.

O fogo está a consumir a empresa Júlio Rodrigues, uma sucata de carros localizada na avenida D. Miguel, São Pedro da Cova, concelho de Gondomar, em direção ao concelho de Valongo.

O alerta foi dado cerca das 10:00 e, de acordo com a página da Proteção Civil, pelas 12:30 encontravam-se no local 69 operacionais, apoiados por 27 viaturas.

+ notícias: Norte

Homem encapuzado assalta banco em Famalicão e leva mil euros

Um homem assaltou hoje a dependência do BPI em Riba de Ave, Famalicão, tendo levado cerca de mil euros, disse à Lusa fonte da GNR.

Incêndio em armazém de tintas em Braga está circunscrito e não há feridos

O incêndio que deflagrou esta manhã num armazém de tintas numa zona industrial de Braga "está circunscrito", disse à Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores do concelho.

Secretário de Estado da Proteção Civil diz que socorro após queda de helicóptero cumpriu a lei

A operação de socorro ao acidente com um helicóptero do INEM em que morreram quatro pessoas em Valongo, no sábado, cumpriu todos os normativos legais, assegurou este domingo o secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.