Info

Chuvas na Nigéria provocam 100 mortos, autoridades estimam que número aumente

| Mundo
Porto Canal com Lusa

As autoridades nigerianas afirmaram que 100 pessoas morreram devido às inundações provocadas pelas chuvas fortes que se fizeram sentir no país nos últimos dias.

Um porta-voz das Agência Nacional de Gestão de Emergências disse à agência Associated Press que as mortes ocorreram em dez estados e que o número poderia aumentar.

A Agência de Serviços Hidrológicos da Nigéria e a Agência Meteorológica nigeriana acredita que os níveis de água serão superiores aos registados em 2012, quando as inundações mataram 363 pessoas e deslocaram mais de 2,1 milhões.

As agências alertaram que 12 dos 36 estados da Nigéria serão "seriamente afetados" pelas cheias severas.

Algumas das áreas mais afetadas situam-se ao longo do rio Níger.

Espera-se que o nível de água do rio suba substancialmente caso as comportas da barragem de Lagbo, nos Camarões, sejam abertas.

+ notícias: Mundo

Onze manifestantes detidos e 22 agentes feridos durante protesto em Hong Kong

A polícia de Hong Kong informou esta quinta-feira que 11 manifestantes foram detidos e 22 agentes ficaram feridos no protesto contra emendas à proposta de lei que preveem a extradição de suspeitos de crimes para a China.

Dois milhões em protesto em Hong Kong na véspera de greve geral - organização

Hong Kong, China, 16 jun 2019 (Lusa) -- Cerca de dois milhões de pessoas participaram hoje em Hong Kong num protesto contra a lei da extradição, segundo os organizadores, que apelam a uma greve geral na segunda-feira, enquanto a polícia estima a adesão em menos de 400 mil.

Netanyahu inaugura nos Montes Golã colonato batizado em honra de Donald Trump

Jerusalém, 16 jun 2019 (Lusa) -- O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, inaugurou hoje um novo colonato nos Montes Golã, território sírio anexado por Israel em 1981, batizado "Colina Trump" em honra do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.