Jornal Diário Jornal das 13

Benfica, Paços de Ferreira e Braga punidos com um jogo à porta fechada

Benfica, Paços de Ferreira e Braga punidos com um jogo à porta fechada
| Desporto
Porto Canal com Lusa

O Conselho de Disciplina (CD) da FPF puniu hoje Benfica, Paços Ferreira e Sporting Braga com um jogo à porta fechada devido ao comportamento dos seus adeptos em jogos da época 2017/18, confirmou fonte do CD à Agência Lusa.

Segundo a fonte, o castigo é passível de recurso para o Pleno do CD e, se for remetido pelos clubes punidos, terá efeito suspensivo da decisão. No entanto, caso não recorram, o castigo será executado já na próxima jornada.

Se a decisão do recurso for confirmada pelo Pleno do CD, Benfica, Paços Ferreira e Sporting Braga poderão ainda recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto, embora neste caso o recurso não tenha efeito suspensivo, a não ser que este seja pedido expressamente ou interposta uma providência cautelar, e uma delas seja deferida.

De recordar que o Benfica já tinha sido punido com um jogo à porta fechada pelo Instituto Português do Desporto e Juventude por alegado apoio a claques ilegais, castigo do qual os 'encarnados' recorreram, o que levou à suspensão do mesmo.

+ notícias: Desporto

FC Porto vai processar judicialmente Varandas Fernandes. Benfica reage

O FC Porto instruiu hoje o seu departamento de jurídico para proceder judicialmente contra Varandas Fernandes, mas o Benfica considera que "será uma excelente oportunidade para o rival esclarecer como cometeu o crime de divulgação de correspondência privada".

Revista Sábado revela como o Benfica terá tentado fugir à Justiça

No caso E-Touperia, a revista Sábado revela os argumentos apresentados pela defesa de Luís Filipe Vieria e da SAD Benfiquista. Escreve a publicação que a defesa tentou adiar audições e evitar a constituição da SAD como arguida, tendo pedido mesmo o afastamento do procurador.

Rui Pinto é o principal suspeito da PJ de ter roubado emails ao SL Benfica

O pirata informático Rui Pinto é o principal suspeito da Polícia Judiciária de ter roubado milhares de emails do SL Benfica. O português opera a partir da Hungria e está também associado ao desvio de dinheiro de um banco nas Ilhas Caimão, ao 'football leaks' e a ataques ao fundo Doyen, Sporting e FC do Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.