Jornal Diário Jornal das 13

Dois detidos em Bragança com quase 1.300 doses de drogas

Dois detidos em Bragança com quase 1.300 doses de drogas
| Norte
Porto Canal com Lusa

Um homem e uma mulher foram detidos na madrugada desta segunda-feira, em Bragança, com quase 1.300 doses de drogas, numa operação policial desencadeada por suspeitas de se dedicarem ao tráfico na cidade, informou a PSP.

De acordo com os dados divulgados pelo Comando Distrital de Bragança da Polícia, os detidos, ela com 30 anos, natural de Bragança, e ele com 25 anos, natural de Cabo Verde, foram intercetados pelas 02:30, junto da rotunda do Nerba, uma das entradas da cidade.

Após a revista aos suspeitos e busca à viatura em que seguiam, “foi encontrada e apreendida droga suspeita de ser Haxixe suficiente para 412 doses e Ecstasy, MDMA e Anfetaminas suficientes para 860 doses.

Os agentes apreenderam ainda a viatura e dois telemóveis. Os detidos irão ser presentes a Tribunal para interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.

Desde o início de 2018, a PSP deteve nove suspeitos e apreendeu cerca de 2.922 doses de diversas drogas na área de intervenção deste comando distrital, que são as cidades de Bragança e Mirandela.

O Comando divulgou ainda que foram detidos por elementos da Esquadra Complexa de Bragança, no dia 05 de setembro, quatro jovens com idades entre os 17 e os 19 anos por suspeita de assalto a um estabelecimento comercial.

Os suspeitos foram apanhados de madrugada na posse de artigos furtados do estabelecimento, que foram entregues pela Polícia ao lesado.

O grupo foi libertado e notificado para comparecer em tribunal na manhã do mesmo dias, mas todos faltaram, segundo a PSP.

+ notícias: Norte

Universitários do Porto dormem na rua para alertar para a falta de alojamento

Estudantes da Academia do Porto vão dormir esta noite na rua, numa “ação simbólica” de alerta para a “situação crítica” da falta de alojamento, adiantou à Lusa o presidente da Federação Académica do Porto (FAP), João Pedro Videira.

Reativação no fogo de Alijó mobiliza cinco meios aéreos

O incêndio que deflagrou na zona de Perafita, Alijó, sofreu uma reativação ao início da tarde, estando a mobilizar cerca de 270 operacionais, 80 viaturas e cinco meios aéreos, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Viatura da GNR capotou sem provocar feridos em Alijó, fogo em resolução

Uma viatura pesada de combate a incêndios da GNR capotou hoje, sem provocar feridos, durante o combate ao incêndio de Perafita, concelho de Alijó, distrito de Vila Real, que "já está em resolução", segundo fontes da Proteção Civil.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.