Jornal Diário Jornal das 13

Geoparque convida a passeio por 400 milhões de anos em Macedo de Cavaleiros

| Norte
Porto Canal com Lusa

Macedo de Cavaleiros, Bragança, 07 set (Lusa) -- O geoparques de Macedo de Cavaleiros convida, no fim de semana, a um passeio de dois dias por 400 milhões de euros de história da Terra, em mais uma iniciativa para divulgar o património geológico desta zona de Trás-os-Montes.

"Rota Geológica do Terras de Cavaleiros Geoparque Mundial da UNESCO" é mais uma ação inserida no programa Ciência Viva no Verão, uma parceria do Centro de Ciência Viva de Bragança e Associação Geoparque Terras de Cavaleiros para dar a conhecer, sábado e domingo, as singularidades de um território com vestígios de dois antigos continentes e um oceano.

Este património contribuiu para a integração na rede mundial de geoparques da UNESCO, a organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura e tem-se revelado motivo de interesse turísticos e científico, como realçou o presidente da Câmara de Macedo de Cavaleiros, Benjamim Rodrigues.

"É uma oportunidade para conhecer de perto um dos acontecimentos mais interessantes da história geológica da Terra", enfatizou o autarca.

O maciço de Morais é o centro deste "património geológico singular que dá a oportunidade de percorrer 400 milhões de anos na história da Terra e que tem despertado o interesse de geólogos de todo o mundo", como vincou.

Benjamim Rodrigues salientou ainda que "este valor geológico completa-se com um património natural, com a sua identidade cultural, os produtos locais, a rica gastronomia e a arte de bem receber das suas gentes".

A iniciativa agendada para o fim de semana parte do Centro de Informação do Geopark Terras de Cavaleiros com passagem por Chacim, Lagoa, Vale da Porca e Salselas.

A ação será dirigida por Pedro Peixoto e João Alves, formadores especializados em Geologia, da Associação Geopark Terras de Cavaleiros.

A classificação deste território como geoparque está em processo de reavaliação, um procedimento normal da UNESCO para conferir se estão a ser cumpridas as condições que levaram à integração na rede mundial de sítios que se distinguem pelas suas características mundiais.

O presidente da Câmara de Macedo de Cavaleiros, Benjamim Rodrigues participará, na oitava conferência internacional da UNESCO sobre geoparques que decorre, na província de Trentino, em Itália, de 11 a 14 de setembro e onde ficará a saber se o Geopark Terras de Cavaleiros continua a ser merecedor dessa distinção.

Simultaneamente com a conferência, decorre uma Geo-Feira, onde os participantes terão a oportunidade de promover os seus territórios junto de "mais de oitocentos delegados de todo o mundo", como disse o autarca.

HFI // MSP

Lusa/fim

+ notícias: Norte

Hospital de São João quer aproveitar projeto antigo para novo Centro Pediátrico

O Centro Hospitalar de São João, no Porto, está a "auscultar os serviços jurídicos" sobre a possibilidade de poder aproveitar o projeto existente para a construção do novo Centro Pediátrico, anunciou hoje o presidente da administração daquele hospital.

Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes em isolamento numa instituição em Bragança

O Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes que estão em isolamento há vários anos numa instituição em Bragança. O caso foi denunciado pelo Porto canal há dois meses. Depois disso, quase nada foi feito apesar da própria instituição pedir mais formação para lidar com os doentes, as entidades responsáveis continuam a dizer que os utentes vivem em condições adequadas.

100 semáforos geridos pela Metro do Porto em Matosinhos não têm sinal sonoro

Há 100 semáforos geridos pela Metro do Porto no concelho de Matosinhos que não têm avisos sonoros. A funcionalidade vai começar a ser instalada, uma vez que os sinais sonoros são indispensáveis para os invisuais.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.