Jornal Diário Jornal das 13

Novo balanço aponta para pelo menos 357 mortos após inundações em Kerala, Índia

Novo balanço aponta para pelo menos 357 mortos após inundações em Kerala, Índia
twitter
| Mundo
Porto Canal com Lusa

Um novo balanço das autoridades indianas aponta para pelo menos 357 mortos na sequência das inundações que atingiram Kerala, na Índia, as mais graves em 100 anos naquele estado do sul do país.

As chuvas torrenciais têm-se abatido desde o final de maio em Kerala, provocando deslizamentos de terra e inundações repentinas.

"Desde 29 de maio, dia em que as chuvas de monção começaram em Kerala, (...) um total de 357 pessoas perderam as suas vidas", incluindo 33 nas últimas 24 horas, informou em comunicado o serviço de informações daquele estado.

O balanço anterior apontava para 324 vítimas mortais.

Cerca de 350 mil pessoas tiveram que se refugiar em cerca de três mil centros de apoio.

Milhares de soldados do Exército, da Marinha e da Força Aérea foram mobilizados para resgatar aqueles que estão isolados pelas águas.

O estado de Kerala, procurado pelos turistas devido às praias rodeadas de palmeiras e às plantações de chá, é afetado anualmente por fortes chuvas na época das monções.

+ notícias: Mundo

Epidemia de cólera mata cerca de 100 pessoas na Nigéria

Uma epidemia de cólera matou quase 100 pessoas nas últimas duas semanas no nordeste da Nigéria, uma região devastada pelas ações do grupo extremista Boko Haram, informou este sábado a ONU.

Trabalhadores do McDonald's fizeram greve nos EUA contra o assédio sexual

Trabalhadores do McDonald's realizaram, na terça-feira, em dez cidades norte-americanas, uma greve laboral contra o assédio sexual na empresa, em consonância com o movimento #MeToo.

Chuvas na Nigéria provocam 100 mortos, autoridades estimam que número aumente

As autoridades nigerianas afirmaram que 100 pessoas morreram devido às inundações provocadas pelas chuvas fortes que se fizeram sentir no país nos últimos dias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.