Info

Jogadores de futebol americano desafiam Trump com protestos durante hino nacional

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Washington, 10 ago (Lusa) - Numerosos jogadores da liga profissional de futebol americano (NFL) desafiaram hoje o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com novos protestos durante o hino nacional no primeiro dia da pré-temporada do campeonato.

Ajoelhados, levantando os punhos, sentados nos bancos ou nos vestiários, os jogadores mantiveram protestos contra a injustiça social e a violência policial contra os afro-americanos.

Com os protestos, os jogadores não só desafiaram Trump, mas também a NFL, que estreia nesta temporada um novo regulamento para multar as equipas cujos membros se ajoelhem durante o hino nacional, apesar de poderem ficar no balneário até ao início da partida.

Donald Trump comemorou a aprovação do novo regulamento em maio e disse que os atletas que não se levantam durante o hino "provavelmente não deveriam estar no país".

O Presidente norte-americano chegou mesmo a pedir que a NFL expulsasse os jogadores que repetissem os protestos durante toda a temporada.

A Casa Branca suspendeu em junho a receção tradicional dos campeões da NFL, neste caso os Eagles, depois de muitos dos seus jogadores optarem por não comparecer ao evento.

Trump também não convidou o campeão da liga de basquetebol (NBA), o Golden State Warriors, depois de Lebron James, ainda nos Cleveland Cavaliers, ter anunciado que a equipa vencedora não iria à Casa Branca.

JMC // FST

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Notre-Dame: Questão fundamental é saber "como vai resistir a estrutura"

O secretário de Estado do interior francês declarou hoje que, uma vez afastado o "perigo do fogo" na catedral de Notre-Dame de Paris, a questão fundamental é, a partir de agora, saber "como vai resistir a estrutura".

Notre-Dame: Fogo foi declarado extinto

O fogo na catedral de Notre-Dame, atingida por um grande incêndio que teve início na segunda-feira, foi hoje declarado extinto, de acordo com o porta-voz dos bombeiros de Paris, Gabriel Plus.

Incêndio atinge catedral de Notre-Dame em Paris. Pináculo cede com as chamas

Um incêndio deflagrou esta segunda-feira à tarde na emblemática catedral de Notre-Dame em Paris, situação que poderá estar “potencialmente ligada” aos trabalhos de reabilitação do edifício, segundo os bombeiros da capital francesa. As chamas levaram a que o pináculo acabasse por cair.

Atualizado 15-04-2019 19:06

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.