Jornal Diário Jornal das 13

Hospital de Gaia realiza cirurgia inovadora de remoção de tumores nos brônquios

| Norte
Porto Canal com Lusa

Vila Nova de Gaia, Porto, 09 ago (Lusa) -- O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho (CHVNGE) realizou, pela primeira vez em Portugal, uma nova cirurgia de extração de tumores nos brônquios, que "surge como alternativa à remoção total do pulmão", revelou o cirurgião responsável.

Através de um sistema ótico, com recurso a uma câmara, o novo método, realizado pelo CHVNGE, consiste numa "incisão na pele de três ou quatro centímetros, no meio das costelas," que permite retirar a parte do brônquio onde se encontra o tumor, explicou à Lusa o cirurgião responsável pela intervenção, José Miranda.

A cirurgia, realizada por via fechada e designada de 'sleeve' lobectomia com reimplantação brônquica por cirurgia toracoscópica uniportal, consiste na reimplantação do brônquio com recurso a técnicas manuais.

"A reimplantação brônquica consiste em retirarmos o fragmento do brônquio onde está incluído o tumor. De seguida, fazemos uma sutura manual, de modo a que o brônquio volte a ficar ligado à árvore brônquica", contou o cirurgião.

Para José Miranda uma das vantagens deste método é a "incisão na pele", visto que, comparada com a cirurgia clássica realizada por via aberta -- designada de reimplantação brônquica por cirurgia toracoscópica uniportal -- "esta é uma incisão de quatro centímetros e não ao longo das costelas".

Esta nova técnica surge também como "alternativa à remoção total do pulmão", designada de pneumectomia, que segundo o cirurgião tem uma taxa de mortalidade elevada.

"A pneumectomia tem uma [taxa de] mortalidade operatória nos 10% e 15%. Não faz qualquer sentido o paciente correr um risco tão elevado numa cirurgia que é de rotina e não de urgência", salientou.

A cirurgia, que durou cerca de quatro horas, realizou-se pela primeira vez na terça-feira, dia 07 de agosto, precisamente 70 anos após o CHVNGE, na época apelidado de Sanatório Dom Manuel II, ter realizado a primeira cirurgia torácica.

Segundo José Miranda, o paciente submetido à intervenção inovadora, e que estava a ser preparado há dois meses para a operação, hoje encontrava-se bem-disposto e a "recuperar super bem".

SPYC//LIL

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Vespa asiática continua a provocar quebras na produção de mel em Portugal

A vespa asiática está atacar colmeias e a provocar quebras na produção de mel. A Quercus diz que desde 2011 que alerta para a necessidade de se criar uma estratégia para acabar com os problemas provocados por esta espécie invasora.

Voluntários de Chaves recolhem cinco mil litros de lixo das florestas

Dezenas de jovens voluntários limparam a floresta no concelho de Chaves. A recolha de lixo da associação "Inspira" tem como objetivo evitar incêndios. Desde julho, foram ja recolhidos cinco mil litros de lixo.

Homem esfaqueia dois jovens à porta de discoteca no Porto

Dois jovens com 19 e 20 anos foram esfaqueados à porta de uma discoteca na rua da Alegria, na cidade do Porto, na manhã desta terça-feira, disse ao Porto Canal fonte da Polícia de Segurança Pública (PSP).

(em atualização)

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.