Jornal Diário Jornal das 13

Raúl Alarcón mantém liderança da Volta a Portugal

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

Raúl Alarcón continua firme na liderança da 80.ª Volta a Portugal, cuja sexta etapa se realizou esta quarta-feira, entre Sernancelhe e Boticas (165,4 quilómetros), e que foi ganha por Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista).

O ciclista espanhol da W52-FC Porto mantém-se como dono da camisola amarela e, por esta altura, regista 52 segundos de vantagem sobre Joni Brandão (Sporting-Tavira) e 1m41s sobre Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano-Uli), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

“Tentei arrancar na última subida, mas estávamos todos muito perto e a olhar uns para os outros. O Domingos Gonçalves arrancou bem e venceu bem, mas para nós, W52-FC Porto, não há problema, pois mantivemos a liderança da geral individual. Quero ganhar a Volta a Portugal, mas a luta pela vitória será até ao fim”, afirmou Raúl Alarcón, que também lidera a classificação geral de montanha.

Esta quinta-feira corre-se a sétima etapa da 80.ª Volta a Portugal, entre Montalegre e o alto de Santa Luzia, em Viana do Castelo (165,5 quilómetros).

+ notícias: FC Porto

Atletas da W52-FC Porto orgulhosos pela vitória na 80ª Volta a Portugal

No final da 80ª Volta a Portugal os ciclistas da W52-FC Porto mostraram-se orgulhosos pela vitória da equipa e de Raúl Alarcón.

"O nosso Raúl Alarcón demonstrou diversas vezes que era o mais forte do pelotão"

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, afirma que a W52-FC Porto foi "desde o princípio a equipa candidata número um" e que "Raúl Alarcón demonstrou diversas vezes que era o mais forte do pelotão". Diz ainda que "para quem duvidava que a equipa estava forte" a vitória por equipas e individual dos azuis e brancos revelou uma "demonstração de grande valor que a equipa continua a ter".

Raúl Alarcón conquista segundo triunfo consecutivo ao vencer 80ª Volta a Portugal

O ciclista espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) conquistou este domingo a segunda Volta a Portugal, ao ser terceiro na 10ª e última etapa, um contrarrelógio em Fafe, ganho pelo espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano).

Atualizado 12-08-2018 19:29

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Olá Maria!

Trend(i) - diferentes tipos de bolsas...

N'Agenda

Exposição 'Amor com amor...