Info

Ministério Público e Polícia Judiciária investigam fogo de Monchique

Ministério Público e Polícia Judiciária investigam fogo de Monchique
| País
Porto Canal com Lusa

O Ministério Público (MP) e a Polícia Judiciária (PJ) estão a investigar o incêndio que deflagrou na sexta-feira no concelho de Monchique, distrito de Faro, disseram esta terça-feira à agência Lusa os dois organismos.

"O Ministério Público do DIAP [Departamento de Investigação e Ação Penal] de Faro vai investigar os incêndios de Monchique, para determinar as suas causas e o seu eventual enquadramento legal", refere a Procuradoria-Geral da República, numa resposta escrita.

Fonte oficial da PJ confirmou que a polícia "está a investigar" o incêndio, no âmbito desta investigação titulada pelo DIAP de Faro.

O incêndio na serra de Monchique, que lavra há cinco dias, já causou, até ao momento, 30 feridos, um dos quais em estado grave, e obrigou à deslocalização de mais de 250 pessoas das zonas afetadas pelo fogo na última noite.

+ notícias: País

Toda a costa portuguesa sob aviso laranja devido à agitação marítima

Toda a costa de Portugal continental está hoje e na sexta-feira sob aviso laranja devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em 2018 morreram 37 trabalhadores no sector da construção civil

Este ano morreram 37 trabalhadores no sector da construção civil. As contas são do Sindicato da Construção de Portugal, que admite que em 2019 possam vir a morrer mais trabalhadores, devido ao aumento do trabalho clandestino.

Portugueses gastam cada vez menos no natal

Os portugueses gastam cada vez menos no natal. Um estudo da 'Deloitte' refere que os portugueses planeiam gastar uma média de 314 euros este ano mas ainda há quem considere este valor baixo para a época festiva.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS