Info

Alerta especial vermelho prolongado até terça-feira em sete distritos

Alerta especial vermelho prolongado até terça-feira em sete distritos
| País
Porto Canal com Lusa

A Proteção Civil prolongou até terça-feira o estado de alerta especial vermelho, o mais grave, relativo aos meios de combate a incêndios florestais, para os distritos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda e Portalegre, anunciou esta segunda-feira.

Este nível de alerta especial é estendido até às 23h59, informa a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) em comunicado, justificando o procedimento com a "persistência de tempo muito quente e seco", favorável à deflagração e propagação de incêndios.

Até às 23h59 de terça-feira, o estado de alerta especial fica laranja, o segundo mais grave, nos distritos de Coimbra, Leiria, Lisboa, Santarém, Setúbal e Viseu e amarelo, o terceiro mais grave, em Aveiro, Braga, Porto, Viana do Castelo e Vila Real.

O estado de alerta especial faz parte do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro, que define a "prontidão e mobilização das estruturas, forças e unidades de proteção e socorro em conformidade com os riscos associados".

De acordo com o comunicado da ANPC, entre as 00h00 e as 19h00 desta segunda-feira houve 58 incêndios rurais, envolvendo no combate 1.660 operacionais, auxiliados por 429 viaturas e 12 aeronaves.

O fogo que lavra desde sexta-feira em Monchique, no Algarve, tinha, pelas 19h00 desta segunda-feira, 1.108 operacionais, apoiados por 341 veículos e 13 aeronaves.

+ notícias: País

Professores fazem greve às avaliações se "decreto do roubo" não for alterado

Os professores vão fazer greve às avaliações e uma manifestação nacional na véspera das eleições legislativas caso a recuperação de anos de serviço prevista no que consideram o "decreto do roubo" não seja alterada no parlamento.

PJ recupera as 430 unidades do potente analgésico desaparecido no início do mês

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou este sábado ter recuperado as 430 embalagens do potente analgésico Fentanilo Basi, que haviam desaparecido no início do mês, mas não precisou o local, nem constituiu arguidos, prosseguindo ainda as investigações.

Rui Pinto vai ficar em prisão preventiva

O português Rui Pinto ficou em prisão preventiva, decidiu hoje o Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, onde o colaborador do 'Football Leaks' foi presente a um juiz de instrução criminal para primeiro interrogatório judicial.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Visita guiada ao Teatro Nacional...