Info

Cerca de 70 concelhos em risco máximo de incêndio em dia que termómetros começam a descer

Cerca de 70 concelhos em risco máximo de incêndio em dia que termómetros começam a descer
| País
Porto Canal com Lusa

Cerca de 70 concelhos dos distritos de Vila Real, Viana do Castelo, Bragança, Viseu, Guarda, Leiria, Santarém, Portalegre, Beja e Faro estão esta segunda-feira em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, outros 69 concelhos dos distritos de Beja, Faro, Portalegre, Santarém, Lisboa, Leiria, Coimbra, Castelo Branco, Viseu, Aveiro, Porto, Bragança, Braga, Vila Real e Viana do Castelo estão em risco muito elevado (o segundo mais grave) de incêndio.

Em risco elevado estão ainda outros cerca de 80 municípios estão em risco elevado de incêndios, num dia em que o IPMA prevê que os termómetros comecem a baixar.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o "reduzido" e o "máximo".

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Por causa da persistência de valores elevados das temperaturas máximas o IPMA estendeu o aviso vermelho até ao final do dia de hoje, mas apenas nos distritos de Castelo Branco e Portalegre.

O IPMA prevê para hoje tempo quente no interior e descida acentuada de temperatura no litoral oeste e nebulosidade no litoral Norte e Centro.

As temperaturas máximas apenas vão ultrapassar os 40 graus celsius em Castelo Branco (42º), Évora (42º) e Beja (41º). Já as temperaturas mínimas vão descer até aos 16º em Vila Real, Braga, Viseu e Guarda.

+ notícias: País

Professores fazem greve às avaliações se "decreto do roubo" não for alterado

Os professores vão fazer greve às avaliações e uma manifestação nacional na véspera das eleições legislativas caso a recuperação de anos de serviço prevista no que consideram o "decreto do roubo" não seja alterada no parlamento.

PJ recupera as 430 unidades do potente analgésico desaparecido no início do mês

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou este sábado ter recuperado as 430 embalagens do potente analgésico Fentanilo Basi, que haviam desaparecido no início do mês, mas não precisou o local, nem constituiu arguidos, prosseguindo ainda as investigações.

Rui Pinto vai ficar em prisão preventiva

O português Rui Pinto ficou em prisão preventiva, decidiu hoje o Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, onde o colaborador do 'Football Leaks' foi presente a um juiz de instrução criminal para primeiro interrogatório judicial.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Visita guiada ao Teatro Nacional...