Jornal Diário Jornal das 13

Recipiente com agente neurotóxico que matou mulher britânica encontrado

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Londres, 13 jul (Lusa) - O recipiente que continha o agente neurotóxico russo que contaminou dois britânicos na semana passada foi encontrado na quarta-feira, anunciou hoje a polícia britânica.

"Uma pequena garrafa foi recuperada durante as buscas na casa de Charlie Rowley, em Amesbury. Foi levado para o Laboratório de Defesa, Ciência e Tecnologia (DSTL) em Porton Down, Wiltshire, para testes. Após esses testes, os cientistas confirmaram que a substância contida na garrafa é novichok", indicou a polícia em comunicado.

Os especialistas vão agora tentar confirmar se a substância é do mesmo lote que contaminou Serguei e Yulia Skripal em março, a principal linha de investigação da polícia.

Depois de alguns dias em estado crítico, Charlie Rowley, de 45 anos, melhorou o estado de saúde.

No entanto, a companheira, Dawn Burgess, de 44 anos, morreu no domingo devido aos efeitos da substância química novichok, o que levou as autoridades a abrir uma investigação por homicídio.

A polícia desconfia que o recipiente esteja na origem do ataque a Serguei Skripal, um britânico de origem russa com 66 anos que tinha sido agente duplo dos dois países, e a filha de 33 anos, Yulia, de nacionalidade russa, no início de março na cidade vizinha de Salisbury.

As autoridades britânicas atribuíram a Moscovo a responsabilidade pelo ataque de março.

BM // EL

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Jovem palestiniano morto por soldados israelitas na Cisjordânia

Um jovem palestiano de 15 anos foi morto na noite de domingo por soldados israelitas perto de Belém, na Cisjordânia ocupada, informou o Ministério da Saúde da Palestina.

Mais de mil milhões de pessoas em risco devido a falta de refrigeração

Mais de 1,1 mil milhões de pessoas em 52 países enfrentam riscos significativos por falta de acesso a refrigeração, incluindo a morte, segundo uma perita das Nações Unidas.

Paquistão no meio de instabilidade política e económica em tempo de eleições

Islamabad, 23 jul (Lusa) -- A dois dias das eleições legislativas de 25 de julho, Paquistão enfrenta instabilidade na cena política e económica, com minorias religiosas a serem excluídas e a segurança a ser ameaçada pelo terrorismo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.