Info

Recipiente com agente neurotóxico que matou mulher britânica encontrado

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Londres, 13 jul (Lusa) - O recipiente que continha o agente neurotóxico russo que contaminou dois britânicos na semana passada foi encontrado na quarta-feira, anunciou hoje a polícia britânica.

"Uma pequena garrafa foi recuperada durante as buscas na casa de Charlie Rowley, em Amesbury. Foi levado para o Laboratório de Defesa, Ciência e Tecnologia (DSTL) em Porton Down, Wiltshire, para testes. Após esses testes, os cientistas confirmaram que a substância contida na garrafa é novichok", indicou a polícia em comunicado.

Os especialistas vão agora tentar confirmar se a substância é do mesmo lote que contaminou Serguei e Yulia Skripal em março, a principal linha de investigação da polícia.

Depois de alguns dias em estado crítico, Charlie Rowley, de 45 anos, melhorou o estado de saúde.

No entanto, a companheira, Dawn Burgess, de 44 anos, morreu no domingo devido aos efeitos da substância química novichok, o que levou as autoridades a abrir uma investigação por homicídio.

A polícia desconfia que o recipiente esteja na origem do ataque a Serguei Skripal, um britânico de origem russa com 66 anos que tinha sido agente duplo dos dois países, e a filha de 33 anos, Yulia, de nacionalidade russa, no início de março na cidade vizinha de Salisbury.

As autoridades britânicas atribuíram a Moscovo a responsabilidade pelo ataque de março.

BM // EL

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Três mortos e três feridos graves após disparos de polícia em festa em Díli

Três jovens morreram e três estão em estado grave no hospital nacional Guido Valadares, em Díli, alvejados por um polícia fora de serviço durante uma discussão numa festa em Díli, disse fonte hospitalar.

Novo balanço aponta para pelo menos 76 mortos em incêndio na Califórnia

As autoridades norte-americanas elevaram no sábado para 76 o número de mortos devido a um incêndio no norte do estado da Califórnia que devastou a vila de Paradise, onde arderam cerca de dez mil habitações.

Novo balanço eleva para 48 o número de mortos em incêndio em Paradise, Califórnia

As autoridades norte-americanas elevaram de 42 para 48 o número de mortos devido ao incêndio em Paradise, na Califórnia, que está a ser combatido por mais de cinco mil bombeiros e que já consumiu 505 quilómetros quadrados.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.