Info

Tribunal do Porto condena dois homens por obrigar menor a prostituir-se

Tribunal do Porto condena dois homens por obrigar menor a prostituir-se
| Norte
Porto Canal com Lusa

O Tribunal São João Novo, no Porto, condenou hoje dois homens a três anos e meio de prisão, uma das penas efetiva e a outra suspensa, por forçarem uma jovem de 16 anos, fugida de uma instituição, a prostituir-se.

A presidente do coletivo de juízes explicou a um dos arguidos que a pena é efetiva pelo facto de já ter uma condenação pelo crime de violência doméstica e ter ligações à prostituição, já o outro viu a pena ser-lhe suspensa por estar inserido social e profissionalmente e não ter antecedentes criminais.

O processo envolvia ainda mais três arguidos, entre os quais uma mulher, que foram absolvidos por falta de provas, tendo a magistrada sublinhado que se a vítima tivesse prestado declarações em tribunal talvez a decisão fosse diferente.

Falando num crime "gravíssimo", onde é explorada a vulnerabilidade da mulher, nomeadamente jovem, a presidente do coletivo lembrou que estes tipos de comportamentos são inaceitáveis e causam alarme social.

"As mulheres não são objetos, têm de ser respeitadas", frisou.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), em 2014, a menor de 16 anos, que estava numa instituição de Gondomar, no distrito do Porto, foi aliciada na rede social `Facebook´ por um homem para fugir de lá, tendo este a apresentado a um casal que, a troco de a acolher em casa, a obrigou, sob a ameaça de morte, a prostituir-se.

Com o decorrer do tempo, a vítima conheceu o filho do dono da pensão para onde levava os homens a troco de dinheiro, ambos arguidos, a quem pediu ajuda, mas em vez de a libertar do mundo da prostituição, o rapaz obrigou-a a prostituir-se para ele, ficando com o dinheiro que ela juntava, refere.

Um amigo deste levava a jovem para a rua e vigiava-a, ficando com parte dos lucros, sustenta.

Em 2015, a jovem viria a pedir ajuda a um educador da instituição que, com a ajuda da PSP, a conseguiu localizar e resgatar.

+ notícias: Norte

Incêndio provoca uma vítima mortal num prédio no Porto

Uma pessoa morreu na sequência de um incêndio no segundo andar de um prédio na rua Costa Cabral, no Porto, apurou o Porto Canal junto do CDOS do Porto.

Diretora do Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira demite-se

A diretora do Estabelecimento Prisional (EP) de Paços de Ferreira, Maria Fernanda Barbosa, pediu hoje a sua demissão ao diretor-geral de Reinserção e Serviços Prisionais, que já foi aceite, informou hoje o Ministério da Justiça.

Mais de 6 mil pessoas sofrem todos os anos um enfarte do miocárdio

Mais de 6 mil pessoas sofrem todos os anos um enfarte do miocárdio e por dia há em média 12 mortes devido à doença. Detetar rapidamente os sintomas de um enfarte é por isso essencial...e esse é o mote da campanha que hoje arranca, intitulada "cada segundo conta".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.