Jornal Diário Jornal das 13

Sindicatos espanhóis entregam pré-aviso de greve na Ryanair para 25 e 26 de julho

| Economia
Porto Canal com Lusa

Madrid, 12 jul (Lusa) - Os sindicatos espanhóis de tripulantes de cabine de passageiros da transportadora aérea Ryanair entregaram hoje o pré-aviso de greve que terá lugar em 25 e 26 de julho próximos, disse à Lusa fonte dos representantes dos trabalhadores.

Os sindicatos decidiram manter a greve depois de não terem chegado a um acordo com a companhia aérea numa reunião entre as duas partes que teve lugar na terça-feira no Serviço de Mediação e Arbitragem (SIMA).

"A direção da Ryanair não apresentou nada de novo e limitou-se a fazer ameaças sobre as sérias consequências laborais de uma greve que consideram ser ilegal", disse hoje à Lusa António Escobar, responsável para as Relações Externas do Sindicato Independente de Tripulantes de Cabine de Passageiros de Linhas Aéreas (SITCPLA) espanhol.

Os sindicatos calculam que cerca de 114.000 passageiros serão afetados em Espanha em cada um dos dias de greve.

Os sindicatos que representam a tripulação de cabine da transportadora irlandesa anunciaram a 05 de julho último a convocação para 25 e 26 de julho de uma greve em Espanha, Portugal, Itália e Bélgica.

A paragem no trabalho em Itália só se realizará no primeiro dos dois dias.

Os trabalhadores exigem que a companhia aérea de baixo custo, entre outras coisas, passe a respeitar os direitos dos trabalhadores em cada país em que opera e reconheça os representantes sindicais eleitos, que pretendem negociar um acordo coletivo de trabalho.

FPB // JNM

LusaFim

+ notícias: Economia

Pensões atribuídas este ano pela Segurança Social vão ser recalculadas

As pensões atribuídas este ano pela Segurança Social vão ser recalculadas, de acordo com a portaria hoje publicada em Diário da República, que permite revalorizar os salários que servem de base ao cálculo das pensões.

Famílias carenciadas dispensadas de inscrição prévia para manuais gratuitos

As famílias carenciadas, com direito a ação social escolar, vão continuar a ter manuais escolares gratuitos sem terem de se inscrever previamente na plataforma online "Mega", esclareceu hoje o Ministério da Educação.

Famílias com menos rendimentos aderem à reutilização de manuais escolares usados

As famílias com menores rendimentos estão a ter este ano um maior acesso à reutilização de manuais escolares usados, após a empresa 'Book in Loop', com sede em Coimbra, ter facilitado o processo, foi este domingo anunciado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.