Jornal Diário Jornal das 13

Sindicatos espanhóis entregam pré-aviso de greve na Ryanair para 25 e 26 de julho

| Economia
Porto Canal com Lusa

Madrid, 12 jul (Lusa) - Os sindicatos espanhóis de tripulantes de cabine de passageiros da transportadora aérea Ryanair entregaram hoje o pré-aviso de greve que terá lugar em 25 e 26 de julho próximos, disse à Lusa fonte dos representantes dos trabalhadores.

Os sindicatos decidiram manter a greve depois de não terem chegado a um acordo com a companhia aérea numa reunião entre as duas partes que teve lugar na terça-feira no Serviço de Mediação e Arbitragem (SIMA).

"A direção da Ryanair não apresentou nada de novo e limitou-se a fazer ameaças sobre as sérias consequências laborais de uma greve que consideram ser ilegal", disse hoje à Lusa António Escobar, responsável para as Relações Externas do Sindicato Independente de Tripulantes de Cabine de Passageiros de Linhas Aéreas (SITCPLA) espanhol.

Os sindicatos calculam que cerca de 114.000 passageiros serão afetados em Espanha em cada um dos dias de greve.

Os sindicatos que representam a tripulação de cabine da transportadora irlandesa anunciaram a 05 de julho último a convocação para 25 e 26 de julho de uma greve em Espanha, Portugal, Itália e Bélgica.

A paragem no trabalho em Itália só se realizará no primeiro dos dois dias.

Os trabalhadores exigem que a companhia aérea de baixo custo, entre outras coisas, passe a respeitar os direitos dos trabalhadores em cada país em que opera e reconheça os representantes sindicais eleitos, que pretendem negociar um acordo coletivo de trabalho.

FPB // JNM

LusaFim

+ notícias: Economia

Eixo Atlântico quer ligação direta entre a Linha do Minho e o Aeroporto do Porto

O eixo atlântico quer uma ligação direta entre a Linha do Minho e o Aeroporto do Porto. Esta é uma das propostas que o grupo de autarcas do Norte de Portugal e da Galiza já levou ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas e que pode vir a ser incluída no Programa Nacional de Investimentos 2030.

Hotéis com menor taxa de ocupação mas preços mais altos num julho "frio"

A taxa de ocupação na hotelaria portuguesa recuou 2,3 pontos percentuais em julho face ao mês homólogo, para 80%, mas o preço médio por quarto ocupado aumentou 11%, para 117 euros, divulgou esta segunda-feira a associação setorial.

Portugal com segunda menor taxa de vagas de emprego no 2º trimestre

A taxa de vagas de emprego no segundo trimestre fixou-se nos 2,1% na zona euro e nos 2,2% na União Europeia (UE), com Portugal a apresentar a segunda mais fraca (0,9%), segundo o Eurostat.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.