Info

Brasil estuda abrir processo contra China na OMC por medidas antidumping

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pequim, 12 jul (Lusa) - A Câmara de Comércio Exterior brasileira aprovou hoje a elaboração de estudos que podem levar a uma reclamação na Organização Mundial do Comércio contra a decisão da China de restringir a importação de frango e açúcar brasileiros.

Em maio de 2017, Pequim impôs restrições ao açúcar brasileiro e, há um mês, adotou medidas antidumping (venda abaixo do custo de produção) sobre o frango brasileiro, por considerar que o país sul-americano pratica concorrência desleal.

Desde junho passado, os importadores chineses de frango brasileiro têm de pagar depósitos de 18,8% e 34,4% do valor das compras.

O Brasil é o maior exportador de frango do mundo e fornece mais de 50% do frango importado pela China.

"As medidas de defesa comercial adotadas pela China já foram alvo de oito disputas na OMC [Organização Mundial de Comércio] e o país asiático foi condenado em todos os casos", afirmou o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços brasileiro, em comunicado.

O Governo brasileiro afirmou já que a decisão de Pequim "carece de fundamento" e argumentou que as importações oriundas do Brasil "em nenhum momento" foram responsáveis pela queda das vendas dos produtores chineses, que cresceram continuamente durante o período sobre o qual incide a investigação.

JPI // EJ

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Novo balanço eleva para 48 o número de mortos em incêndio em Paradise, Califórnia

As autoridades norte-americanas elevaram de 42 para 48 o número de mortos devido ao incêndio em Paradise, na Califórnia, que está a ser combatido por mais de cinco mil bombeiros e que já consumiu 505 quilómetros quadrados.

Empresário português encontrado morto depois de rapto nas imediações de Maputo

Um empresário português foi encontrado este domingo morto, nas imediações de Maputo, depois de ter sido raptado e pago o resgate exigido, informou hoje o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro.

Dez mortos em deslizamento de terra no Rio de Janeiro

As autoridades brasileiras elevaram de nove para dez o número de mortos num deslizamento de terras no sábado em Niterói, no estado do Rio de Janeiro, que causou 11 feridos, encontrando-se quatro pessoas desaparecidas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.