Info

Bruxelas divulga hoje previsões económicas intercalares de verão

| Economia
Porto Canal com Lusa

Bruxelas, 12 jul (Lusa) -- A Comissão Europeia divulga hoje, em Bruxelas, as previsões económicas intercalares de verão, que contemplam estimativas de evolução do Produto Interno Bruto (PIB) e inflação em todos os Estados-membros.

Nas anteriores previsões, da primavera, divulgadas em maio, o executivo comunitário previa que o crescimento da economia portuguesa permanecesse "robusto", após a "forte aceleração" de 2,7% do PIB em 2017, mas abrandasse este ano e no próximo, ao avançar 2,3% e 2%, respetivamente (no caso de 2019 abaixo das expectativas do Governo, que previa um crescimento de 2,3% tanto em 2018 como em 2019).

Já a nível da inflação em Portugal, Bruxelas estimou na primavera que abrandasse para 1,2% este ano e recuperasse para 1,6% no próximo, em resultado dos aumentos salariais graduais que devem puxar pelos preços dos bens.

O executivo comunitário atualizará hoje as suas previsões relativamente a estes dois indicadores, os únicos contemplados nas previsões intercalares (de inverno, em fevereiro, e do verão, em julho), de acordo com o novo mapa de previsões económicas adotado este ano pela Comissão, que publica previsões macroeconómicas completas na primavera e no outono, para alinhar o seu calendário com o de outras instituições, designadamente Banco Central Europeu (BCE), Fundo Monetário Internacional (FMI) e Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

As previsões serão apresentadas na sede da Comissão Europeia às 10:00 de Lisboa pelos comissários dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, e do Euro, Valdis Dombrovskis.

ACC // CSJ

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Easyjet lança nova rota Porto-Málaga a partir de abril

O Porto vai começar a ter voos diretos para Málaga entre 02 de abril e 26 de outubro, com operação quatro vezes por semana, anunciou hoje a companhia aérea Easyjet.

Rendimentos operacionais do Banco CTT sobem 27% para 23,6 ME em 2018

Os rendimentos operacionais recorrentes do Banco CTT subiram 27% no ano passado, face a 2017, para 23,6 milhões de euros, "sobretudo alavancado pelo crescimento da margem financeira (aumento de 4,5 milhões de euros), anunciaram esta quarta-feira os CTT.

Deco recebeu 29.350 pedidos de ajuda de famílias sobre-endividadas em 2018

A Deco recebeu 29.350 pedidos de ajuda de famílias em situação de sobre-endividamento, valor que supera os pedidos registados um ano antes e que chegou maioritariamente de pessoas entre os 40 e os 65 anos de idade.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.