Info

Face Oculta: Armando Vara vai reclamar da decisão do Constitucional

| País
Porto Canal com Lusa

Aveiro, 11 jul (Lusa) - O antigo ministro Armando Vara vai reclamar da decisão do Tribunal Constitucional (TC) que rejeitou o recurso da sua condenação a cinco anos de prisão efetiva, no âmbito do processo Face Oculta, disse hoje o seu advogado.

Em declarações à agência Lusa, o advogado Tiago Rodrigues Bastos confirmou que "vai apresentar uma reclamação" para a conferência de juízes do TC, evitando assim que o ex-ministro comece já a cumprir a pena.

Numa decisão sumária, com data de 10 de julho de 2018, o TC decidiu "não conhecer do objeto" do recurso interposto por Armando Vara.

Na decisão, a relatora conselheira Fátima Mata-Mouros analisou várias questões de inconstitucionalidade suscitadas pelo arguido, incluindo questões relacionadas com a utilização e destruição das escutas em que terá intervido o então primeiro ministro José Sócrates.

JYDN // ARA

Lusa/Fim

+ notícias: País

Ministério Público pede julgamento para ex-seguranças da discoteca Urban Beach

O Ministério Público (MP) pediu esta segunda-feira que sejam submetidos a julgamento os três seguranças acusados de tentativa de homicídio de dois homens, agredidos com violência em novembro de 2017 junto à discoteca Urban Beach, em Lisboa.

Estado do tempo melhora a partir desta segunda-feira

O mau tempo que se fez sentir durante o fim-de-semana, em especial no domingo, passou, prevendo-se a partir do início da tarde de hoje céu pouco nublado ou limpo, neblinas ou nevoeiros e sem precipitação, segundo o meteorologista Bruno Café.

Queda de neve corta vias de acesso à Serra da Estrela

As estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela foram cortadas esta tarde devido à queda de neve, que reduziu as condições de circulação em segurança, revelou a Proteção Civil de Castelo Branco.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.