Jornal Diário Jornal das 13

À espera de contas certas, negociações com professores seguem "dentro de momentos"

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 11 jul (Lusa) -- Governo e sindicatos de professores vão analisar os custos reais da recuperação do tempo de serviço congelado, criando para o efeito uma comissão técnica cuja primeira reunião decorre na próxima semana, remetendo a continuidade das negociações para setembro.

Esta foi a principal novidade saída hoje de uma reunião entre sindicatos de professores e Governo, com toda a equipa do Ministério da Educação e dois secretários de Estado das Finanças para discutir a recuperação do tempo de serviço congelado na carreira docente, a primeira do reatar de negociações.

"O Governo veio dizer que finalmente aceita que se crie uma comissão técnica para apurar quanto custa afinal o descongelamento", disse Mário Nogueira, num palanque montado frente ao Ministério da Educação (ME), perante cerca de um milhar de professores que ali se manifestou enquanto decorria a reunião.

IMA // JMR

Lusa/fim

+ notícias: País

Tribunal aplica prisão preventiva para 39 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou hoje prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo de motociclistas Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes.

Cerca de 62% dos serviços públicos não cumprem a lei do livro de reclamações eletrónico

A maioria dos sites dos serviços públicos essenciais não cumprem a lei sobre o livro de reclamações eletrónico. Um ano depois da entrada em vigor da legislação , a DECO analisou 392 sites e verificou que mais de metade não tem livro de reclamações eletrónico.

Quase um milhão de refeições escolares desperdiçadas

Quase um milhão de refeições escolares que tinham sido encomendadas foram desperdiçadas porque os alunos faltaram, revela o relatório anual do ministério da Educação sobre cantinas concessionadas a privados.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.