Jornal Diário Jornal das 13

Boavista e Leixões aptos a inscrever jogadores após regularizarem situações

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Porto, 11 jul (Lusa) -- O Boavista está apto a registar novos contratos, depois de ter regularizado a situação junto da Autoridade Tributária e Segurança Social, informou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

A situação aplica-se também ao Leixões, da II Liga, com o organismo que tutela as competições profissionais a emitir uma nota referindo que os dois emblemas apresentaram as respetivas certidões comprovativas.

O incumprimento impedia os clubes de "registar novos contratos de trabalho desportivo ou de formação, bem como de utilizar jogadores com contratos já registados em épocas anteriores".

Hoje, a Liga levantou o impedimento aos dois clubes, "com efeitos imediatos", depois de reunida a comissão de auditoria que emitiu "parecer favorável", face ao cumprimento das obrigações.

Em 20 de junho, o organismo tinha comunicado que Boavista, Desportivo das Aves e Vitória de Setúbal, da I Liga, e Leixões, do segundo escalão, estavam impedidos de "registar contratos de trabalho desportivo ou de formação" até cumprirem os pressupostos financeiros, uma situação que se mantém para as equipas de Vila das Aves e de Setúbal.

RPM // VR

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

Cristiano Ronaldo "orgulhoso" pelos valores da transferência e desvaloriza idade

O futebolista Cristiano Ronaldo revelou-se hoje "orgulhoso" pelos valores envolvidos na sua transferência do Real Madrid para a Juventus, desvalorizando a idade e garantindo que, aos 33 anos, está pronto para os mais altos desafios competitivos.

Portugal estreia-se com goleada a Andorra

A seleção portuguesa de hóquei em patins iniciou hoje a defesa do título europeu com uma goleada de 11-0 a Andorra, em jogo da primeira jornada do grupo A da prova, que decorre na Corunha, Espanha.

França campeã mundial pela segunda vez, ao bater Croácia na final

A França sagrou-se este domingo campeã mundial de futebol pela segunda vez na sua história, 20 anos depois, ao vencer a Croácia por 4-2, na final da 21.ª edição da prova, disputada no Estádio Luzhniki, em Moscovo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.