Info

Wimbledon: Campeão Roger Federer eliminado em 'maratona' de mais de quatro horas

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Londres, 11 jul (Lusa) -- O tenista suíço Roger Federer, segundo no 'ranking' mundial, foi hoje eliminado nos quartos de final do torneio de Wimbledon, ao perder com o sul-africano Kevin Anderson, 8.º, por 2-6, 6-7 (5-7), 7-5, 6-4 e 13-11.

Numa maratona de quatro horas e 17 minutos, Federer, detentor do título e oito vezes campeão em Wimbledon, cedeu um 'set' e caiu derrotado pela primeira vez no Grand Slam londrino desde as meias-finais de 2016.

Depois de ter vencido os dois primeiros parciais, Federer desperdiçou um 'match point' no terceiro e cedeu o 'set' ao sul-africano, que venceu o quarto e o quinto, quebrando o serviço ao helvético ao 23.º jogo da última partida, antes de fechar o encontro no seguinte.

Nas meias-finais, o sul-africano vai defrontar o vencedor do encontro entre o canadiano Milos Raonic (32.º) e o norte-americano John Isner (10.º).

RPM // PA

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

Bruno de Carvalho acusado de terrorismo e mais 98 crimes

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho foi acusado pelo Ministério Público de ser autor moral de crimes classificados como terrorismo e outros 98 ilícitos criminais, no âmbito da investigação sobre o ataque à Academia de Alcochete.

Bruno de Carvalho e Mustafá saem em liberdade do Tribunal do Barreiro

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e Mustafá saíram hoje em liberdade, sujeitos a apresentações diárias às autoridades, no âmbito da investigação ao ataque à academia de Alcochete, anunciou hoje Tribunal do Barreiro.

Leitura das medidas de coação a Bruno de Carvalho e Mustafá adiada para as 11:00

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e o líder da claque Juventude Leonina, conhecido por Mustafá, só conhecerão hoje as medidas de coação no âmbito da investigação à invasão à academia de Alcochete a partir das 11:00.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.