Info

Cristiano Ronaldo na Juventus por quatro anos a troco de 100 milhões de euros

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Turim, Itália, 10 jul (Lusa) -- O futebolista português Cristiano Ronaldo assinou contrato com a Juventus válido por quatro anos, anunciou hoje o clube italiano, que paga ao Real Madrid 100 milhões de euros.

"A Juventus comunica que chegou a acordo com o Real Madrid para a aquisição a título definitivo dos direitos desportivos do futebolista Cristiano Ronaldo a troco do pagamento de 100 milhões de euros, pagos em duas épocas", lê-se no comunicado do campeão italiano, que desembolsa ainda 12 ME relativos ao mecanismo de solidariedade e gastos acessórios.

O clube de Turim acrescenta que assinou com Cristiano Ronaldo um contrato válido até 30 de junho de 2022.

Aos 33 anos, o capitão da seleção portuguesa vai defender o quarto clube na carreira sénior, depois de Sporting (2002/03), Manchester United (2003/04 a 2008/09) e Real Madrid (2009/10 a 2017/18).

Cinco vezes vencedor da Bola de Ouro, em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017, Cristiano Ronaldo estava ligado contratualmente até 30 de junho de 2021 ao emblema 'merengue', ao serviço do qual conquistou quatro Ligas dos Campeões, dois Mundiais de Clubes, duas Supertaças Europeias, dois campeonatos, duas Taças do Rei e duas Supertaças de Espanha.

A Juventus domina o historial do campeonato italiano, com 34 títulos de campeão, sete dos quais conquistados ininterruptamente desde 2011/12 -- os quatro últimos sob o comando do atual treinador, Massimiliano Allegri.

Ronaldo vai ser o sétimo português a juntar-se ao clube de Turim, depois de Rui Barros, Paulo Sousa, Dimas, Jorge Andrade, Tiago e João Cancelo, contratado neste defeso ao Valência.

PA (JP) // RPM

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

Bruno de Carvalho acusado de terrorismo e mais 98 crimes

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho foi acusado pelo Ministério Público de ser autor moral de crimes classificados como terrorismo e outros 98 ilícitos criminais, no âmbito da investigação sobre o ataque à Academia de Alcochete.

Bruno de Carvalho e Mustafá saem em liberdade do Tribunal do Barreiro

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e Mustafá saíram hoje em liberdade, sujeitos a apresentações diárias às autoridades, no âmbito da investigação ao ataque à academia de Alcochete, anunciou hoje Tribunal do Barreiro.

Leitura das medidas de coação a Bruno de Carvalho e Mustafá adiada para as 11:00

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e o líder da claque Juventude Leonina, conhecido por Mustafá, só conhecerão hoje as medidas de coação no âmbito da investigação à invasão à academia de Alcochete a partir das 11:00.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.