Jornal Diário Jornal das 13

Sporting: Oito detidos no caso das agressões na Academia já estão em Tribunal

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Barreiro, Setúbal, 10 jul (Lusa) -- Oito dos nove detidos pela GNR e PSP na segunda-feira, na sequência dos incidentes na Academia do Sporting de 15 de maio, já estão no tribunal do Barreiro, onde vão ser ouvidos em primeiro interrogatório judicial.

De acordo com o comunicado hoje divulgado pela Procuradoria Distrital de Lisboa foram detidos nove elementos na segunda-feira, o que perfaz um total de 36 pessoas detidas pelos incidentes ocorridos em Alcochete, em que um grupo de encapuzados invadiu a Academia do Sporting e agrediu vários jogadores da equipa profissional de futebol.

No entanto, segundo informação da PSP no Tribunal do Barreiro "já todos os arguidos entraram no tribunal" e, de acordo com o presenciado pelos jornalistas entraram apenas oito.

Os 27 arguidos que já tinha sido presentes a primeiro interrogatório estão todos a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Durante a manhã, o juiz de instrução criminal Carlos Delca informou os jornalistas de que hoje, provavelmente, iria apenas proceder à identificação dos arguidos, que só deverão começar a ser ouvidos a partir de quarta-feira.

A operação decorreu de uma investigação dirigida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa às agressões a jogadores e técnicos da equipa de futebol do Sporting, levadas a cabo por cerca de 40 alegados adeptos encapuzados.

Na altura, a GNR deteve 23 dos atacantes, que permanecem em prisão preventiva.

Mais tarde, em 05 de junho, foram detidas pelas autoridades mais quatro pessoas, entre elas o antigo líder da Juventude Leonina Fernando Mendes, que também ficaram em prisão preventiva.

Ao todo, com as detenções efetuadas na segunda-feira, estão detidas 36 pessoas relacionadas com este caso.

Os arguidos estão indiciados por vários crimes, nomeadamente sequestro, ofensa à integridade física qualificada, introdução em lugar vedado ao público, dano com violência, terrorismo, resistência e coação sobre funcionário.

GR/RCP (FP/CMP) // PA

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

FC Porto vai processar judicialmente Varandas Fernandes. Benfica reage

O FC Porto instruiu hoje o seu departamento de jurídico para proceder judicialmente contra Varandas Fernandes, mas o Benfica considera que "será uma excelente oportunidade para o rival esclarecer como cometeu o crime de divulgação de correspondência privada".

Revista Sábado revela como o Benfica terá tentado fugir à Justiça

No caso E-Touperia, a revista Sábado revela os argumentos apresentados pela defesa de Luís Filipe Vieria e da SAD Benfiquista. Escreve a publicação que a defesa tentou adiar audições e evitar a constituição da SAD como arguida, tendo pedido mesmo o afastamento do procurador.

Rui Pinto é o principal suspeito da PJ de ter roubado emails ao SL Benfica

O pirata informático Rui Pinto é o principal suspeito da Polícia Judiciária de ter roubado milhares de emails do SL Benfica. O português opera a partir da Hungria e está também associado ao desvio de dinheiro de um banco nas Ilhas Caimão, ao 'football leaks' e a ataques ao fundo Doyen, Sporting e FC do Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.