Jornal Diário Jornal das 13

Sporting: Oito detidos no caso das agressões na Academia de Alcochete

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 09 jul (Lusa) -- Oito pessoas foram hoje detidas numa operação conjunta entre a PSP e a GNR no âmbito da investigação às agressões que ocorreram em maio da Academia do Sporting, em Alcochete, disse à Lusa fonte policial.

Ao final da tarde, fonte policial tinha anunciado que na operação conjunta tinham sido detidas seis pessoas, mas que a operação ainda estava a decorrer.

Esta noite, fonte policial disse à Lusa que foram oito as pessoas detidas e que a operação já foi concluída.

A operação decorreu no âmbito de uma investigação dirigida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa às agressões que aconteceram a 15 de maio na Academia do Sporting em Alcochete.

Os detidos que resultarem da operação de hoje vão ser ouvidos na terça-feira no Tribunal do Barreiro.

No dia 15 de maio passado, a equipa de futebol do Sporting foi atacada na Academia do clube por um grupo de cerca de 40 alegados adeptos encapuzados, que agrediram técnicos, jogadores e 'staff'.

Na altura, a GNR deteve 23 dos atacantes, que permanecem em prisão preventiva.

No dia 05 de junho, foram detidas pelas autoridades mais quatro pessoas, entre elas antigo líder da Juventude Leonina Fernando Mendes, que também ficaram em prisão preventiva.

Os arguidos estão indiciados por vários crimes, nomeadamente sequestro, ofensa à integridade física qualificada, introdução em lugar vedado ao público, dano com violência, terrorismo, resistência e coação sobre funcionário.

FP/CMP // ARA

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

FC Porto vai processar judicialmente Varandas Fernandes. Benfica reage

O FC Porto instruiu hoje o seu departamento de jurídico para proceder judicialmente contra Varandas Fernandes, mas o Benfica considera que "será uma excelente oportunidade para o rival esclarecer como cometeu o crime de divulgação de correspondência privada".

Revista Sábado revela como o Benfica terá tentado fugir à Justiça

No caso E-Touperia, a revista Sábado revela os argumentos apresentados pela defesa de Luís Filipe Vieria e da SAD Benfiquista. Escreve a publicação que a defesa tentou adiar audições e evitar a constituição da SAD como arguida, tendo pedido mesmo o afastamento do procurador.

Rui Pinto é o principal suspeito da PJ de ter roubado emails ao SL Benfica

O pirata informático Rui Pinto é o principal suspeito da Polícia Judiciária de ter roubado milhares de emails do SL Benfica. O português opera a partir da Hungria e está também associado ao desvio de dinheiro de um banco nas Ilhas Caimão, ao 'football leaks' e a ataques ao fundo Doyen, Sporting e FC do Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.