Jornal Diário Jornal das 13

Autoridades procuram homem desaparecido em Vinhais

Autoridades procuram homem desaparecido em Vinhais
| Norte
Porto Canal com Lusa

Um homem de 43 anos está desaparecido, desde sexta-feira, em Vinhais, no distrito de Bragança, estando em curso uma operação de busca que envolve autoridades e populares, informou a GNR.

O desaparecido sofre de perturbações mentais, segundo disse à Lusa fonte das Relações Públicas do Comando Distrital de Bragança da GNR, a força de segurança que está a coordenar as operações de buscas.

De acordo coma fonte, o alerta foi dado por familiares, já na quinta-feira, quando o homem se ausentou da residência, em Ervedosa, aldeia de Vinhais.

O indivíduo terá regressado a casa na sexta-feira, mas voltou a desaparecer depois de alegadamente ter tomado conhecimento de que iria ser internado na Psiquiatria para tratamento, segundo os relatos feitos às autoridades.

As operações de busca estão em curso desde esse dia e hoje foram reforçadas. Ao todo, estão no terreno 26 pessoas, entre militares da Guarda, bombeiros e populares, apoiados por três cães pisteiros, indicou a GNR.

As buscas decorrem “nos arreadores da aldeia”, nomeadamente nos locais para onde costumava deslocar-se o desaparecido.

+ notícias: Norte

"Escaravelho" do castanheiro ameaça produção de castanha em freguesia de Valpaços

Os produtores de castanha continuam preocupados com as pragas nos castanheiros. Na zona de Carrazedo de Montenegro, em Valpaços, que é conhecida como a capital da castanha judia, as atenções centram-se numa praga conhecida como "escaravelho" do castanheiro que seca a árvore e destrói a produção.

Rui Moreira diz que urgente realojar restantes moradores do bairro do Aleixo

Rui Moreira explicou na reunião diz que a decisão de urgência de realojar todos os moradores das três restantes torres do bairro do Aleixo deveu-se à queda inesperada de partes das fachadas dos edifícios. O autarca do Porto adiantou no entanto que pelo menos para já não pretende extinguir o fundo criado em 2009 para resolver o problema do bairro.

Escolas do Norte do país encerradas devido a falta de funcionários

Uma escola em Braga e outra na Póvoa de Varzim não abriram, esta segunda-feira, devido a falta de funcionários. A carência de auxiliares é um dos problemas que está a marcar o arranque do ano letivo, bem como os protestos dos professores e pelos atrasos na entrega dos manuais escolares.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.