Jornal Diário Jornal das 13

Suposto homicida em festa de Cabeceiras de Basto entregou-se e está detido

Suposto homicida em festa de Cabeceiras de Basto entregou-se e está detido
| Norte
Porto Canal com Lusa

O presumível autor do disparo que vitimou este domingo um homem em Arco de Baúlhe, Cabeceiras de Basto, entregou-se esta tarde às autoridades e está detido nas instalações da Polícia Judiciária (PJ) de Braga.

Fonte da PJ de Braga disse à Lusa que o homem, após o disparo fatal, fugiu do local, tendo sido detetado durante a tarde e acabou por se entregar à PJ.

As autoridades, explicou a fonte, detetaram o homem, que estava escondido, e convenceram-no a entregar-se.

O homicídio aconteceu na madrugada de hoje no final de uma festa, após um desentendimento entre vizinhos.

O alerta foi dado às 06:43 e a vítima é um homem de 34 anos, cujo óbito foi declarado no local pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Guimarães.

Segundo adiantou à agência Lusa, esta manhã, fonte do Comando Territorial de Braga da GNR, o homicídio ocorreu na rua do Arco no final da Festa Branca, na sequência de um desentendimento entre os dois envolvidos, que "eram da mesma freguesia, pelo que provavelmente seriam conhecidos".

"O suspeito abandonou o local e foi buscar a arma", explicou a GNR, tendo então regressado e disparado sobre a vítima.

Segundo a fonte, o homicida abandonou de seguida o local numa viatura, que foi localizada ainda durante a manhã.

A fonte da PJ confirmou que o presumível autor do crime é da mesma localidade que a vítima, Arco de Baúlhe.

+ notícias: Norte

Mulher de 23 anos morreu em despiste na A4 em Vila Real

Uma mulher de 23 anos morreu esta quarta-feira na sequência de um despiste de um automóvel no viaduto do Corgo, na Autoestrada 4 (A4), em Vila Real, segundo fontes dos bombeiros e da GNR.

Rui Moreira diz que urgente realojar restantes moradores do bairro do Aleixo

Rui Moreira explicou na reunião diz que a decisão de urgência de realojar todos os moradores das três restantes torres do bairro do Aleixo deveu-se à queda inesperada de partes das fachadas dos edifícios. O autarca do Porto adiantou no entanto que pelo menos para já não pretende extinguir o fundo criado em 2009 para resolver o problema do bairro.

"Escaravelho" do castanheiro ameaça produção de castanha em freguesia de Valpaços

Os produtores de castanha continuam preocupados com as pragas nos castanheiros. Na zona de Carrazedo de Montenegro, em Valpaços, que é conhecida como a capital da castanha judia, as atenções centram-se numa praga conhecida como "escaravelho" do castanheiro que seca a árvore e destrói a produção.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.