Info

Mulher violentamente agredida num bar em Vila Nova de Famalicão

| Norte
Porto Canal com Lusa

Uma mulher de 38 anos foi, esta terça-feira à noite, "violentamente agredida" num bar da localidade de Pedome, concelho de Vila Nova de Famalicão, estando o alegado agressor em fuga, disse à agência Lusa fonte do Comando de Braga da GNR.

Atualizado 04-07-2018 15:15

A mesma fonte explicou que foi recebida às 19:40, via 112, uma ocorrência de que teria sido violentamente agredida uma mulher que se encontrava dentro de um bar encerrado, na localidade de Pedome.

"Quando chegou ao local, a patrulha da GNR encontrou a mulher com múltiplos ferimentos no corpo", disse a fonte da GNR, não avançando com mais pormenores sobre os ferimentos ou a arma utilizada, uma vez que a investigação vai passar para a Polícia Judiciária do Porto, que é aguardada no local.

A fonte da GNR disse que estão a tentar identificar e a localizar o suspeito, que se encontra em fuga.

A Correio da Manhã TV (CMTV), em direto do local, dava conta de que o alegado agressor seria o namorado da vítima, que terá dito ao patrão que tinha morto a mulher, tendo este relatado o ocorrido ao 112.

Segundo aquela estação, a mulher apresentava muitos ferimentos de cortes em várias partes do corpo.

+ notícias: Norte

Incêndio provoca uma vítima mortal num prédio no Porto

Uma pessoa morreu na sequência de um incêndio no segundo andar de um prédio na rua Costa Cabral, no Porto, apurou o Porto Canal junto do CDOS do Porto.

Diretora do Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira demite-se

A diretora do Estabelecimento Prisional (EP) de Paços de Ferreira, Maria Fernanda Barbosa, pediu hoje a sua demissão ao diretor-geral de Reinserção e Serviços Prisionais, que já foi aceite, informou hoje o Ministério da Justiça.

Mais de 6 mil pessoas sofrem todos os anos um enfarte do miocárdio

Mais de 6 mil pessoas sofrem todos os anos um enfarte do miocárdio e por dia há em média 12 mortes devido à doença. Detetar rapidamente os sintomas de um enfarte é por isso essencial...e esse é o mote da campanha que hoje arranca, intitulada "cada segundo conta".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.