Jornal Diário Jornal das 13

Pilotos envolvidos em acidente no WTCR já fizeram exames e vão ter alta em breve

Pilotos envolvidos em acidente no WTCR já fizeram exames e vão ter alta em breve
twitter
| Norte
Porto Canal com Lusa

Os dois pilotos da Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR) que foram transportados para o hospital após acidente em Vila Real já fizeram exames e não revelaram lesões, devendo ter alta em breve, disse fonte hospitalar.

O britânico Rob Huff e o marroquino Mehdi Bennani, dois dos quatro pilotos envolvidos no acidente e pertencentes à equipa Volkswagen Golf TCR, foram transportados para a unidade de Vila Real do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde fizeram exames.

Fonte hospitalar disse à agência Lusa que ambos se encontram estáveis, não sofreram lesões e que terão alta em breve.

O acidente aconteceu nos primeiros metros da corrida, depois de um toque entre os Volkswagen de Rob Huff e Mehdi Bennani, que estavam na frente, provocando uma 'carambola' entre os carros que se seguiam.

A corrida foi suspensa e houve entrada em pista de duas ambulâncias e das equipas médicas que prestaram a primeira assistência aos pilotos.

Depois da reparação e limpeza da pista, a corrida será retomada às 18:30.

O WTCR é a prova rainha do fim de semana de corridas em Vila Real, a quinta das 10 que pontuam para a Taça do Mundo de Carros de Turismo.

+ notícias: Norte

Trabalhador morre em acidente numa pedreira de Valença

Um homem morreu hoje em acidente de trabalho numa pedreira em Boivão, Valença, disse fonte das Proteção Civil.

Empresa de Viana do Castelo contesta penhora e acusa Finanças de ultrapassar o dobro da dívida

A empresa Auto Viação Cura, de Viana do Castelo considera insólita a penhora feita pela Autoridade Tributária à empresa num valor superior ao dobro do que a empresa deve. Em protesto, vários autocarros foram estacionados à porta das Finanças.

Trabalhadores das empresas de transportes de mercadorias em greve exigem aumento salarial

Os trabalhadores das empresas de transportes de mercadorias estão em greve, e exigem aumentos salariais . As empresas da região Norte são as únicas afetadas, porque o sindicato dos transportes rodoviários urbanos do norte não aceita as soluções apresentadas pela ANTRAM

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.