Info

Levantados 2.500 autos por falta de limpeza de mato

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 14 jun (Lusa) -- O secretário de Estado da Proteção Civil anunciou hoje, no parlamento, que foram levantados, até à data, 2.500 autos de contraordenação devido à falta de limpeza de mato por parte dos particulares e empresas.

"No que diz respeito às ações de fiscalização do cumprimento do sistema nacional de defesa da floresta contra incêndios, até esta data, foram levantados 2.500 autos", disse José Neves aos deputados da Comissão de Agricultura e Mar.

Segundo o secretário de Estado, os 2.500 autos correspondem a infrações na gestão das faixas de combustível florestal, nomeadamente a limpeza de mato por parte de particulares e de empresas.

O governante avançou que 142 autos foram levantados na rede viária, 11 na rede ferroviária, 52 na rede elétrica, 1160 na envolvente de 50 metros das habitações e 515 na envolvente de 100 metros dos aglomerados populacionais.

O secretário de Estado apresenta na Comissão de Agricultura e Mar o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) deste ano.

CMP // JMR

Lusa/fim

+ notícias: Política

PGR alerta para "inevitável turbulência" provocada por novo estatuto do MP

A procuradora-geral da República alertou esta terça-feira para a "inevitável turbulência" provocada pelas alterações decorrentes da reforma do Estatuto do Ministério Público, que colocam desafios numa magistratura com falta de meios humanos.

Governo prevê investimento superior a 36ME em projetos florestais

O Governo prevê um investimento total de mais de 36 milhões de euros em projetos para a gestão de combustível florestal, inclusive na recuperação das áreas afetadas pelo furacão Leslie, segundo um diploma publicado esta segunda-feira em Diário da República.

Rio avisa que não vai "animar a comunicação social" com questões internas do PSD

O líder do PSD avisou hoje que não vai "andar a animar a comunicação social" com questões internas do partido, preferindo criticar a "carga fiscal brutal" que disse existir em Portugal com o atual Governo.

Atualizado 15-01-2019 12:44

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.