Info

Gestor cultural José Guirao escolhido para novo ministro da Cultura e Deporto espanhol

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Madrid, 13 jun (Lusa) - O novo ministro da Cultura e do Desporto espanhol é José Guirao, que sucede no cargo a Màxim Huerta que hoje apresentou a sua demissão, confirmaram à agência EFE fontes do Governo espanhol.

Guirao foi diretor-geral de Belas Artes e Arquivos do Ministério da Cultura de 1993 a 1994 e diretor do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia entre 1994 e 2001.

O gestor cultural e especialista em arte irá tomar posse no Palácio da Zarzuela na quinta-feira às 11:00 horas locais (10:00 horas em Lisboa), segundo as mesmas fontes do Governo espanhol.

Licenciado em Filologia Hispânica, Guirao nasceu em 1959, tendo sido indigitado para o cargo de ministro uma semana depois de o novo governo espanhol, liderado pelo socialista Pedro Sánchez ter tomado posse.

Girao sucede a Màxim Huerta que disse hoje "estar inocente", mas que decidiu demitir-se para não prejudicar o "projeto renovador" do presidente do Governo espanhol Pedro Sánchez.

O ex-ministro da Cultura foi hoje confrontado com notícias de que entre 2006 e 2008 terá defraudado em 256.778 euros o fisco espanhol.

"Vou-me embora para não permitir que o avolumar do ruído prejudique o projeto de Sánchez, que criou tantas expectativas nas pessoas", salientou.

JS // JMR

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Balanço de mortos no incêndio no oleoduto no México sobe para 79

O número de mortos no incêndio após a explosão num oleoduto em Tlahuelilpan, no estado mexicano de Hidalgo, aumentou para 79 pessoas, com a morte de seis pessoas que estavam hospitalizadas.

Pelo menos 20 mortos em incêndio de oleoduto no México

Pelo menos 20 pessoas morreram e 54 ficaram feridas na sequência de um incêndio de grandes dimensões num oleoduto no centro do México, anunciaram na sexta-feira as autoridades mexicanas.

Parlamento britânico chumba moção de censura ao Governo conservador de May

O Parlamento britânico rejeitou hoje uma moção de censura ao Governo conservador da primeira-ministra Theresa May, com 325 votos contra e 306 a favor.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.