Info

Volkswagen vai pagar 1.000 ME de multa na Alemanha devido a escândalo de emissões

| Economia
Porto Canal com Lusa

Berlim, 13 jun (Lusa) - A Volkswagen vai pagar mil milhões de euros de multa às autoridades na Alemanha, devido ao caso da fraude com as emissões de gases nos carros a diesel, anunciou hoje o grupo automóvel.

Através de uma declaração, a Volkswagen informou que vai aceitar a multa decidida pelas entidades judicias alemã, na cidade de Braunschweig, no centro norte da Alemanha, perto da localidade de Wolfsburg, onde o grupo tem a sua sede.

As entidades judiciais concluíram que a Volkswagen falhou no controlo adequado da atividade do seu departamento de desenvolvimento de veículos, o que resultou na produção de 10,7 milhões de carros a diesel com um 'software' de controlo de emissões ilegal, entre 2007 e 2015, depois vendidos em todo o mundo.

Trata-se de carros com o motor diesel EA 288 de terceira geração, nos Estados Unidos e Canadá, e com o motor EA 189 em outros países, equipados com uma função de 'software' ilegal.

O escândalo, que foi revelado em 2015, nos Estados Unidos, já teve elevados custos para o fabricante automóvel em multas definidas pelas autoridades norte-americanas.

O grupo disse esperar que o pagamento da multa na Alemanha tenha "efeitos positivos em outros procedimentos oficiais a decorrer na Europa contra a Volkswagen" e as suas participadas.

EA // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Despesas com educação e saúde feitas na UE podem ser registadas no e-fatura

As pessoas que em 2018 tiveram despesas de saúde ou educação em outros países da União Europeia podem registar as respetivas faturas no Portal das Finanças e somá-las às restantes deduções do IRS.

CGD, Santander Totta, BPI e BCP fecham 2018 com menos 1.071 trabalhadores e 254 balcões

A Caixa Geral de Depósitos (CGD), o Santander Totta, o BPI e o BCP reduziram em 2018 o número de trabalhadores em 1.071 e o de agências em 254, de acordo com contas feitas pela agência Lusa.

Easyjet lança nova rota Porto-Málaga a partir de abril

O Porto vai começar a ter voos diretos para Málaga entre 02 de abril e 26 de outubro, com operação quatro vezes por semana, anunciou hoje a companhia aérea Easyjet.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.