Info

Sindicato dos Professores da Madeira suspende greve às avaliações

| País
Porto Canal com Lusa

Funchal, Madeira, 13 jun (Lusa) - O Sindicato dos Professores da Madeira (SPM) decidiu hoje, após consulta aos associados, suspender a greve às avaliações, depois de o Governo Regional ter apresentado uma proposta sobre a contagem do tempo de serviço para progressão na carreira.

Em conferência de imprensa, o coordenador do SPM, Francisco Oliveira, revelou que dos 504 docentes que responderam à auscultação promovida nas últimas 24 horas, via internet, pelo sindicato, 428 (84,9%)pronunciaram-se a favor do levantamento da greve e aceitaram que as negociações sejam iniciadas de imediato.

Segundo o mesmo dirigente, já está agendada para o dia 25 deste mês uma reunião entre o SPM e a Secretaria Regional da Educação.

A paralisação mantém-se, contudo, no Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira, que tem um pré-aviso de greve próprio, estando a decorrer também uma consulta aos professores no sentido de averiguar se concordam ou não com a suspensão.

A ponderação sobre a suspensão da greve, que teve início na terça-feira, surgiu depois de a Secretaria Regional da Educação ter apresentado uma proposta para a contagem do tempo de serviço congelado para efeitos de progressão dos professores na carreira.

O sindicato diz ter registado "com agrado" a receção da proposta "que define os termos e a forma como se processa a recuperação do tempo de serviço prestado em funções docentes não contabilizado para efeitos de progressão".

A proposta do governo regional visa contabilizar o tempo de serviço entre 30 de agosto de 2005 e 31 de dezembro de 2007 (854 dias) e entre 01 de janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2017 (2.557 dias), num total de 3.411 dias.

EC // MLM

Lusa/Fim

+ notícias: País

Mulher de 84 anos morre em incêndio na sua habitação em Viseu

Uma mulher de 84 anos de idade morreu este domingo na sequência de um incêndio no apartamento onde residia, na cidade de Viseu, e do qual seria a única a habitante.

Fidelidade regista maior número de participação de sempre após tempestade Leslie

A seguradora Fidelidade anunciou ter recebido mais de 5000 participações de ocorrências na sequência da tempestade Leslie, o maior sinistro de sempre em número de participações na história da seguradora.

Ryanair revela que fotografia dos tripulantes a dormir no chão foi encenada

Afinal foi encenada a fotografia dos tripulantes da Ryanair a dormir no chão de um aeroporto. A situação é demonstrada pela própria companhia aérea, ao divulgar as imagens da videovigilancia. O sindicato diz que a foto foi um gesto de protesto contra as más condições dadas à tripulação e acusa a Ryanair de ilegalidade na divulgação do vídeo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS