Jornal Diário Jornal das 13

Alfama vence novamente as Marchas Populares de Lisboa

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 13 jun (Lusa) -- A marcha de Alfama venceu novamente as Marchas Populares de Lisboa, anunciou hoje a Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC), responsável pela organização da iniciativa.

Tal como no ano passado, o segundo lugar foi atribuído à marcha do Bairro Alto e o terceiro à marcha da Madragoa.

Este ano, as Marchas Populares de Lisboa celebravam os 120 anos do nascimento do ator lisboeta Vasco Santana (1898-1958).

Segundo a EGEAC, as marchas foram avaliadas com uma pontuação de 0 a 20 e em dois momentos.

Primeiro, na Altice Arena, nos dias 01, 02 e 03 de junho, e na Avenida da Liberdade, na passada noite de Santo António.

As categorias avaliadas foram as de Melhor Coreografia, Cenografia, Figurino, Letra, Musicalidade, Composição Original e Desfile da Avenida.

A marcha de Alfama destacou-se "sozinha" em várias categorias, como coreografia, musicalidade e melhor composição original, com a canção de Alfama, indicou a EGEAC.

A marcha vencedora deste ano, que repete o feito pela terceira vez consecutiva, partilhou a vitória nas categorias de melhor figurino com o Bairro Alto e Carnide, e a de melhor letra com Madragoa.

Alcântara venceu na categoria de cenografia e as marchas do Bairro Alto e da Madragoa venceram na categoria de desfile da avenida, anunciou a EGEAC.

A 86.ª edição das Marchas Populares de Lisboa contou com a participação de 23 marchas: São Vicente, Alfama, Olivais, Marvila, Ajuda, Lumiar, São Domingos de Benfica, Alcântara, Benfica, Belém, Boavista, Madragoa, Mouraria, Bica, Graça, Bela-Flor Campolide, Carnide, Castelo, Penha de França, Campo de Ourique, Alto do Pina, Bairro Alto e Santa Engrácia.

Este ano, a iniciativa conta com a marcha convidada de Vila da Lousã.

FST // EJ

Lusa/Fim

+ notícias: País

Proteção Civil prolonga alerta vermelho até quarta-feira

A Autoridade Nacional de Proteção Civil anunciou hoje que vai prolongar o alerta vermelho em sete distritos do país até quarta-feira devido ao aumento do número de ocorrências que se tem registado.

Jovem morre afogado na barragem da Aguieira em Santa Comba Dão

Um jovem foi encontrado morto às 00:30 de hoje depois de se ter afogado na barragem da Aguieira, no concelho de Santa Comba Dão, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.

Cerca de 60 concelhos de 13 distritos do continente em risco máximo

Cerca de 60 concelhos de 13 distritos de Portugal continental apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Olá Maria!

Trend(i) - diferentes tipos de bolsas...

N'Agenda

Exposição 'Amor com amor...