Info

Inquérito/Energia: PSD quer ouvir Costa e Centeno entre mais de 60 personalidades

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 11 jun (Lusa) - O PSD quer ouvir mais de 60 personalidades na comissão de inquérito às rendas da energia, entre as quais todos os primeiros-ministros entre 2004 e 2018, incluindo o atual, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno.

No requerimento das audições, a que a agência Lusa teve acesso, no âmbito da comissão parlamentar de inquérito, proposta pelo BE, ao pagamento de rendas excessivas aos produtores elétricos, o PSD requer ainda o depoimento de 15 empresas e entidades.

A encabeçar o requerimento surgem "todos os primeiros-ministros que exerceram funções no período objeto desta comissão", que foi fixado entre 2004 e 2018, querendo assim o PSD ouvir Durão Barroso, Pedro Santana Lopes, José Sócrates, Pedro Passos Coelho e António Costa.

Os sociais-democratas pretendem ainda que prestem depoimento na comissão de inquérito "todos os ministros com a tutela da área da Energia que exerceram funções no período objeto desta comissão", incluindo, entre outros, o antigo titular da pasta Manuel Pinho e o atual, Manuel Caldeira Cabral.

O atual responsável pelas Finanças, Mário Centeno, é outra das personalidades que o PSD quer chamar.

Armando Vara é o nome que surge em primeiro lugar na alínea do requerimento referente a "presidentes dos Bancos, ou seus representantes em Portugal no caso de se tratar de algum banco estrangeiro, que participaram nas operações das várias fases de privatização da EDP e os administradores responsáveis de concessão de crédito aos projetos de energias renováveis de maior dimensão que exerceram funções no período objeto desta comissão".

JF // JPS

Lusa/fim

+ notícias: Política

Presidente da República preocupado com aumento da mortalidade infantil

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, mostrou-se esta segunda-feira preocupado com o aumento da mortalidade infantil, defendendo que é preciso apurar as causas para que "não se volte a repetir no futuro".

Atualizado 22-01-2019 11:13

Catarina Martins enaltece passes mais baratos e pede mais transportes

A coordenadora do BE, Catarina Martins, elogiou este domingo a medida orçamental negociada com o Governo para a descida do preço dos passes de transportes públicos, mas defendeu que deve ser acompanhada de mais investimento para haver mais meios disponíveis.

Assunção Cristas lamenta desinteresse de Costa por setor da saúde "em rutura"

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, lamentou este sábado e o desinteresse do chefe do Governo pelo setor da saúde, descrevendo-o como "em rutura" devido à "austeridade escondida", numa conferência sobre o tema organizada pelo partido na sede de Lisboa.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.