Jornal Diário Jornal das 13

Câmara de Oeiras retoma transporte Combus para deslocações entre freguesias

| Política
Porto Canal com Lusa

Oeiras, Lisboa, 11 jun (Lusa) -- O serviço de cariz social Combus, que disponibiliza carreiras urbanas de transporte coletivo entre freguesias no concelho de Oeiras, foi hoje retomado, após uma paragem de quatro anos, para complementar a rede de transportes públicos existente.

Servindo essencialmente a população idosa e desempregada, o Combus pretende "assegurar as deslocações de curta distância no quotidiano", indicou a Câmara Municipal de Oeiras, referindo que as carreiras urbanas vão circular, inicialmente, no percurso da freguesia de Algés, Linda-a-Velha e Cruz-Quebrada/Dafundo.

"Até junho do próximo ano deverá cobrir todas as freguesias do concelho", avançou a autarquia, acrescentando que o recomeço deste serviço de transporte vai ser feito "de modo experimental e com uma nova imagem, mais apelativa".

Na fase inicial, o Combus vai transportar a população de forma gratuita, "tendo depois um custo de 0,50 cêntimos", informou o município de Oeiras.

"Este serviço tem por objetivo colmatar lacunas dos oeirenses relativamente à rede de transportes públicos existente, nomeadamente ao nível do acesso a instituições e a serviços tais como mercados, centros de saúde, igrejas, farmácias e sedes de juntas de freguesia", afirmou a autarquia.

Fruto de uma parceria entre a Câmara Municipal de Oeiras e a transportadora Vimeca, o serviço Combus foi inaugurado em junho de 2007 e suspenso em 28 de fevereiro de 2014, no mandato autárquico anterior - presidido pelo independente Paulo Vistas -, "o que motivou alguma contestação por parte dos munícipes, tendo mesmo sido feitas petições para trazê-lo de volta", disse o atual executivo, liderado por Isaltino Morais.

SYSM // MCL

Lusa/fim

+ notícias: Política

Ministro diz que Traje à Vianesa tem condições para ser candidato a património mundial

O ministro da Cultura afirmou este sábado, em Viana do Castelo, onde marcou presença no cortejo da Romaria d' Agonia, que o Traje à Vianesa "tem todas as condições" para integrar a lista indicativa de Portugal a Património Mundial.

Governo decreta dispensa de trabalhadores que sejam bombeiros nos distritos em alerta

O Governo determinou esta sexta-feira a dispensa de funcionários públicos e do setor privado que sejam ao mesmo tempo bombeiros nos distritos em alerta vermelho "face ao significativo agravamento do risco de incêndio florestal".

BE quer aproximar salários dos trabalhadores aos dos gestores

O Bloco de Esquerda (BE) quer diminuir a desigualdade salarial entre os gestores e os trabalhadores da mesma empresa em Portugal, avançando com um projeto de lei que abre a porta à fixação de rácios.

Atualizado 18-08-2018 11:50

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.