Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Requalificação do Areinho de Avintes, Gaia, inaugurada este domingo depois de obra de 1,2ME

Requalificação do Areinho de Avintes, Gaia, inaugurada este domingo depois de obra de 1,2ME
| Norte
Porto Canal com Lusa

O Areinho de Avintes, em Vila Nova de Gaia, é este domingo inaugurado, após uma obra de requalificação orçada em 1,2 milhões de euros, numa sessão que inclui um concerto de Ana Moura, disse o presidente da autarquia local.

Em causa está uma requalificação integrada num projeto global que começa na escarpa da Serra do Pilar e visa a frente ribeirinha de Gaia, distrito do Porto, numa extensão de 17 quilómetros junto ao Rio Douro.

A inauguração da obra do Areinho de Avintes surge depois de também o Areinho de Oliveira do Douro ter sido alvo de intervenção semelhante, faltando agora outros pontos como Arnelas.

"É uma frente muito bonita, mas precisa de requalificação e de ganhar outra atratividade em termos turísticos, ambientais e de lazer. Trata-se de uma zona muito importante e cheia de potencial, mas que está ainda muito pouco explorada e reabilitada", disse à Lusa o presidente da câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues.

A obra no Areinho de Avintes custou à autarquia cerca de 1,2 milhões de euros com uma comparticipação da Águas de Gaia, havendo a expectativa de que esta empreitada venha a receber fundos comunitários, mas só após uma fase de "maior maturação" do projeto, explicou o autarca.

Eduardo Vítor Rodrigues frisou que a reformulação do espaço foi integral, uma vez que foram intervencionadas as infraestruturas subterrâneas, nomeadamente águas pluviais e saneamento, bem como passeios, ciclovia, zona de merendas, entre outras áreas.

A cerimónia de inauguração está marcada para hoje pelas 16h00 com um concerto de entrada livre da artista Ana Moura.

+ notícias: Norte

Obras na escola portuense do Bom Sucesso podem demorar mais de um ano letivo

A requalificação da Escola Básica (EB1) do Bom Sucesso, no Porto, deve arrancar “no fim do ano” e a transferência dos alunos para a secundária do Infante pode prolongar-se por mais de um ano letivo, revelou este sábado a Câmara.

Pais e alunos protestam encerramento de Colégio da Régua que deixa mais de 200 crianças sem escola

Pais e alunos manifestaram-se, na passada sexta-feira, contra o encerramento do Colégio Salesiano de Poiares, situado na Régua. O colégio vai fechar as portas no final deste ano letivo porque perdeu o contrato de associação com o Ministério da Educação, sendo que com isto 225 alunos terão de mudar de escola e quase 50 pessoas ficaram sem emprego.

Cidade de Espinho celebra 45 anos com várias homenagens

Várias pessoas e instituições foram homenageadas em Espinho. Os galardões preencheram o programa de comemorações de elevação a cidade, quando esta celebra 45 anos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.