Info

Farmacêuticos do SNS desmarcam greve de três dias

Farmacêuticos do SNS desmarcam greve de três dias
| País
Porto Canal com Lusa

Os farmacêuticos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) desmarcaram este sábado a greve de três dias que começava no domingo, devido ao acordo alcançado hoje com o Ministério da Saúde, anunciou o sindicato do setor.

Em comunicado, o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos (SNF) avança que, "graças ao forte envolvimento de todos os farmacêuticos foi possível alcançar hoje um acordo com o Ministério da Saúde que prevê a inclusão da "formação farmacêutica especializada, conducente à aquisição do título de especialista, efetuada sob a tutela do SNS", no conjunto de matérias reguladas pela carreira.

A direção do sindicato considera que este acordo "não é nenhuma vitória, mas obriga à suspensão da greve que estava marcada para os próximos dias 28, 29 e 30 de maio".

No comunicado, o presidente do sindicato, Henrique Reguengo, sublinha que a greve é desmarcada, mas os farmacêuticos "não vão parar esteve movimento, porque só a força de todos consegue mover a montanha de dificuldades que sistematicamente é apresentada pelo Ministério da Saúde".

Entre os motivos da greve estão a negociação da carreira farmacêutica, a defesa do SNS e a defesa da qualidade dos cuidados prestados aos doentes.

Em termos mais concretos, o sindicato quer rever a carreira precária e instável dos farmacêuticos, a insuficiência de quadros nos serviços, a falta de regulamentação da formação pós-graduada e abertura de vagas, as más condições de trabalho nos serviços, a falta de segurança no circuito integrado do medicamento e produtos farmacêuticos e a falta de condições para cumprir as boas práticas do medicamento.

+ notícias: País

Farmacêuticos avisam que está posta em causa segurança dos doentes nos hospitais

A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos alerta que a segurança dos doentes está posta em causa nos hospitais públicos por falta de profissionais e diz que só falta aos farmacêuticos "lavar o chão" das farmácias hospitalares.

Enfermeiros suspendem greve nos blocos operatórios até novas negociações a 30 de janeiro

A greve dos enfermeiros em blocos operatórios vai manter-se suspensa até 30 de janeiro, dia em que haverá nova uma reunião negocial entre os sindicatos e o Governo.

Cancro digestivo mata um português por hora

O cancro digestivo mata uma pessoa por hora em Portugal, uma doença que tem vindo a aumentar nos últimos anos, representando um “grave problema” de saúde pública, alertou hoje a Sociedade Portuguesa de Gastroenterologia (SPG).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.