Info

Défice orçamental sobe 165ME e ultrapassa 2.000ME até abril

Défice orçamental sobe 165ME e ultrapassa 2.000ME até abril
| Economia
Porto Canal com Lusa

O défice orçamental em contas públicas totalizou 2.022 milhões de euros até abril, mais 165 milhões de euros, devido a um crescimento da despesa superior ao da receita, divulgou esta sexta-feira o Ministério das Finanças.

Num comunicado que antecede a publicação, pela Direção-Geral de Orçamento (DGO), da síntese de execução orçamental até abril, o Ministério das Finanças afirma que o défice das Administrações Públicas aumentou 165 milhões de euros em termos homólogos, totalizando 2.022 milhões de euros.

"Esta evolução é explicada por um crescimento da despesa (4,1%) superior ao da receita (3,8%)", explica a tutela.

O ministério liderado por Mário Centeno assegura que "quando corrigidos os fatores especiais que influenciam a execução, mas que não afetam o défice anual em contas nacionais, esta evolução está em linha com a melhoria prevista do défice em contas nacionais inscrita no Orçamento do Estado 2018 (OE2018)".

No mesmo período, o excedente primário -- que exclui os encargos com a dívida pública -- ascendeu a 1.474 milhões de euros, tendo aumentado 418 milhões de euros relativamente a abril de 2017.

+ notícias: Economia

Frente Comum marca greve nacional da função pública para dia 15 de fevereiro

Os sindicatos da Frente Comum da Administração Pública decidiram marcar uma greve nacional para o dia 15 de fevereiro, anunciou Ana Avoila no final de um plenário realizado esta terça-feira em Lisboa.

Que inflação se pode esperar para 2019?

Água, luz, combustíveis e transportes. Foram os bens essenciais que mais sofreram com a inflação. Os portugueses dizem ter sentido isso na carteira e 2019 pode seguir o mesmo trajeto.

Hóspedes, dormidas e proveitos cresceram em Portugal em novembro de 2018

O número de hóspedes em Portugal aumentou 6,3% em novembro, para 1,3 milhões, enquanto as dormidas avançaram 4,6%, para 3,3 milhões, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), que registou também subidas nos proveitos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.