Info

Défice orçamental sobe 165ME e ultrapassa 2.000ME até abril

Défice orçamental sobe 165ME e ultrapassa 2.000ME até abril
| Economia
Porto Canal com Lusa

O défice orçamental em contas públicas totalizou 2.022 milhões de euros até abril, mais 165 milhões de euros, devido a um crescimento da despesa superior ao da receita, divulgou esta sexta-feira o Ministério das Finanças.

Num comunicado que antecede a publicação, pela Direção-Geral de Orçamento (DGO), da síntese de execução orçamental até abril, o Ministério das Finanças afirma que o défice das Administrações Públicas aumentou 165 milhões de euros em termos homólogos, totalizando 2.022 milhões de euros.

"Esta evolução é explicada por um crescimento da despesa (4,1%) superior ao da receita (3,8%)", explica a tutela.

O ministério liderado por Mário Centeno assegura que "quando corrigidos os fatores especiais que influenciam a execução, mas que não afetam o défice anual em contas nacionais, esta evolução está em linha com a melhoria prevista do défice em contas nacionais inscrita no Orçamento do Estado 2018 (OE2018)".

No mesmo período, o excedente primário -- que exclui os encargos com a dívida pública -- ascendeu a 1.474 milhões de euros, tendo aumentado 418 milhões de euros relativamente a abril de 2017.

+ notícias: Economia

Carne de porco portuguesa duplica exportações ao iniciar vendas para a China em 2019

Os suinicultores portugueses têm "praticamente fechado" um acordo com a China, que lhes permite em 2019 duplicar as exportações e começar a crescer, três anos após a maior crise, anunciou esta terça-feira a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultura (FPAS).

Maço de tabaco deve aumentar 10 cêntimos no próximo ano

O aumento do Imposto sobre o Tabaco (IT) previsto na proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) pode significar uma subida de cerca de 10 cêntimos no maço de cigarros, segundo simulações feitas pela consultora Deloitte.

Portugal com taxa de risco de pobreza de 23,3%, abaixo da média da UE

Portugal apresentava em 2017 uma taxa de 23,3% de pessoas em risco de pobreza ou exclusão social, acima da média da União Europeia (UE 22,5%) mas 2,7 pontos abaixo da de 2008, divulgou hoje o Eurostat.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.