Info

Pep Guardiola renovou com Manchester City até 2021

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Redação, 17 mai (Lusa) -- O treinador espanhol Pep Guardiola renovou hoje contrato com o Manchester City até 2021, após uma época em que levou a equipa ao título de campeã inglesa de futebol, com um recorde de 100 pontos.

Guardiola, de 47 anos, que chegou aos 'citizens' há duas épocas, poderá, assim, realizar cinco temporadas no clube, o mais longo período de um treinador desde que o Manchester City ficou nas 'mãos' do xeque Mansour bin Zayed Al Nahyan.

"Estou muito feliz e entusiasmado. É um prazer poder trabalhar aqui", disse Guardiola, em declarações à página oficial do clube.

O antigo futebolista iniciou a sua carreira no FC Barcelona, no qual conquistou três ligas espanholas, três supertaças, duas Taças do Rei, três supertaças europeias, três mundiais de clubes e duas Ligas dos Campeões.

Depois do 'Barça', o técnico orientou os alemães do Bayern Munique, sagrando-se campeão em três épocas, e em 2016 assumiu os ingleses do City, clube em que teve apenas sucesso na segunda época, com Taça da Liga e campeonato.

Esta época, apesar dos recordes internos e do título, a grande deceção foi a eliminação nos quartos de final da Liga dos Campeões diante do Liverpool, ao perder em Anfield Road por 3-0, e em casa por 2-1.

RPM // VR

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

João Sousa vence em pares e segue para os quartos de final do Open da Austrália

O tenista português João Sousa e o argentino Leonardo Mayer qualificaram-se este domingo para os quartos de final do torneio de pares do Open da Austrália, ao baterem o argentino Maximo Gonzalez e o chileno Nicolas Jarry.

Tiago Fernandes diz que o FC Porto tem a melhor equipa e o melhor treinador do campeonato

Tiago Fernandes, treinador do GD Chaves, elogiou a equipa do FC do Porto e destacou o mérito do técnico portista.

FC Porto reforça que não houve "contrapartidas" pelos e-mails divulgados

O FC Porto reforçou esta quinta-feira, em comunicado, que não houve "contrapartida financeira ou outra" pelos e-mails que divulgou no Porto Canal, os quais diz que entregou à Polícia Judiciária "em simultâneo com o processo de denúncia pública".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.