Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Tiago Rodrigues cancelou participação em festival em Israel e adere a boicote cultural

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 17 mai (Lusa) -- O diretor artístico do Teatro Nacional D. Maria II, Tiago Rodrigues, cancelou a sua participação num festival em Jerusalém, em junho, e decidiu aderir ao boicote cultural a Israel, de acordo com um comunicado hoje divulgado por aquela entidade.

No comunicado, Tiago Rodrigues começa por explicar que, embora se oponha "de forma veemente à opressão do povo palestiniano pelo governo israelita", aceitou o convite para apresentar a peça "By Heart", em junho, no Israel Festival, em Jerusalém, "promovido por uma organização sem fins lucrativos que se apresenta como um projeto artístico que promove uma sociedade plural e pacífica".

Entretanto, apercebeu-se, "através das comunicações oficiais do festival", que a edição deste ano "'marca o 70º aniversário da independência do Estado de Israel'".

"A menção desta celebração por parte do festival não é acompanhada de uma única palavra de crítica à conduta do Estado de Israel face ao povo palestiniano durante os últimos 70 anos. Este é um anúncio de grande significado político sobre o qual não fui informado quando fui convidado a participar no festival. Não aceito que o meu trabalho artístico seja usado com motivos políticos sem o meu acordo", lê-se no comunicado.

JRS // MAG

Lusa/fim

+ notícias: País

Milhares de sites ensinam crianças a fingirem doenças para faltar às aulas

Milhares de páginas na internet ensinam truques às crianças para enganar os pais e faltar às aulas: fingir dores de barriga, inventar problemas de pele ou fazer vomitado falso são algumas das dicas.

Farmacêuticos do SNS desmarcam greve de três dias

Os farmacêuticos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) desmarcaram este sábado a greve de três dias que começava no domingo, devido ao acordo alcançado hoje com o Ministério da Saúde, anunciou o sindicato do setor.

Portugal vai ter meios aéreos de combate a incêndios durante todo o ano

O Governo quer equipas de intervenção permanente em todos os corpos de bombeiros no próximo ano. Esta novidade foi avançada esta sexta-feira, em Baião, e surge numa altura em que também se ficou a saber que Portugal vai ter, pela primeira vez, meios aéreos de combate a incêndios florestais durante todo o ano.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.