Info

Governo garante estar a preparar alteração à lei da violência no desporto

Governo garante estar a preparar alteração à lei da violência no desporto
| Política
Porto Canal com Lusa

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto recordou hoje em Coimbra que no dia 03 de abril anunciou na Assembleia da República que o Governo estava a preparar uma alteração à lei da violência no desporto.

João Paulo Rebelo reagia assim a uma notícia hoje divulgada pelo jornal Público, que sublinhava que o Governo está há mais de um ano a "prometer medidas que nunca saíram da gaveta".

"O que aconteceu em abril do ano passado, na sequência de alguns episódios de violência que envolviam árbitros, foi que o Governo reuniu um conjunto de entidades que trabalham no futebol - Federação, Liga, associação de treinadores, de árbitros e de jogadores, desafiando-os para em conjunto pensarmos medidas para a erradicação da violência no desporto", disse.

O governo explicou que no dia 21 de dezembro de 2017 teve a oportunidade de partilhar com o Conselho Nacional de Desporto a intenção que o Governo tinha, depois de feita uma avaliação à atual lei da violência, de fazer uma alteração a essa lei".

"Em abril deste ano -- 03 de abril - e não em abril do ano passado, anunciei na Assembleia da República (AR) que o Governo estava a preparar uma alteração à lei da violência. Esta proposta de lei -- a lei é da competência da AR -- passará anteriormente em Conselho de Ministros, mas como o senhor primeiro-ministro já disse, para a semana teremos muitas notícias sobre este assunto", sintetizou.

O secretário de Estado voltou a repudiar os "terríveis incidentes" de terça-feira em Alcochete -- um grupo de pessoas invadiu a Academia do Sporting e agrediu futebolistas e equipa técnica -- e explicou que neste momento o Governo está a direcionar toda a concentração para "criar todas as condições para que domingo possa decorrer a final da Taça de Portugal".

"O primeiro-ministro teve também ontem [quarta-feira] a oportunidade de anunciar que o governo tenciona criar uma Autoridade Nacional para o Combate à Violência no Desporto e dizendo que a seguir à Taça de Portugal falaremos sobre isso".

O governante garantiu ainda que tenciona estar na final da Taça de Portugal.

Sobre o facto de o presidente do Sporting ter anunciado hoje que iria agir judicialmente contra o presidente da AR, Ferro Rodrigues, mas também contra outras pessoas, João Paulo Rebelo disse esperar que os "dirigentes desportivos ajam com responsabilidade".

"Isto é um combate de todos, também da comunicação social", concluiu.

SSS/JLS // RPM

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Tancos: Ministério da Defesa investiga procedimento da PJ Militar

O Ministério da Defesa determinou a 04 de outubro a realização de uma “auditoria extraordinária aos procedimentos internos” da Polícia Judiciária Militar (PJM), na sequência da recuperação do material militar roubado dos paióis de Tancos no ano passado.

Câmara de Vila Real lança segunda-feira campanha sobre perigo na A24

A Câmara de Vila Real disse que vai colocar painéis nas entradas da Autoestrada 24 (A24) para alertar os automobilistas para os “perigos e falhas” da via, uma iniciativa apoiada pela Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro).

Tancos: Presidente da República garante desconhecer factos sobre reaparecimento das armas

O Presidente da República garantiu este sábado à Agência Lusa desconhecer os factos na base do desaparecimento e reaparecimento das armas de Tancos, recordando que tem insistido na exigência do esclarecimento de "toda a verdade, doa a quem doer".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.