Info

Pequim inaugura novo aeroporto em outubro de 2019

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pequim, 17 mai (Lusa) - Pequim inaugura em 01 de outubro de 2019, data do 70.º aniversário da fundação da República Popular da China, o segundo aeroporto internacional da cidade, informou hoje o jornal oficial China Daily.

Segundo o jornal, que cita fontes ligadas ao projeto, as obras de engenharia foram concluídas em junho passado, e decorre agora a instalação dos equipamentos, um processo que demorará três meses.

A construção do terminal do aeroporto foi concluída no final de 2017, e decorrem agora os trabalhos de decoração, acrescenta o China Daily.

O novo aeroporto situa-se no distrito de Daxing, no sul de Pequim, e contará com quatro pistas de aterragem e descolagem e 268 espaços para os aviões estacionarem.

A estrutura terá capacidade para 620.000 voos anuais.

Entre as companhias que usarão o novo aeroporto, ainda sem nome, constam as estatais chinesas China Eastern Airlines e China Southern Airlines.

O objetivo das futuras instalações é reduzir o trafego do aeroporto internacional da capital, no noroeste de Pequim, que mostra sinais de sobrelotação, apesar de ter inaugurado um terceiro terminal há dez anos, a propósito dos Jogos Olímpicos de 2008.

No ano passado, 95 milhões de pessoas passaram por aquele aeroporto, o segundo mais movimentado do mundo, apenas superado pelo norte-americano de Atlanta.

O novo aeroporto da capital chinesa localiza-se a quase 50 quilómetros do centro da cidade e começou a ser construído em dezembro de 2014.

JPI // EJ

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Ministro da Defesa de Israel odena reabertura de entradas para Gaza

O ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, ordenou este domingo a reabertura das entradas de Gaza para pessoas e bens quatro dias depois de terem sido encerradas em resposta a um disparo de morteiro que atingiu o território.

Passaporte português é plano de fuga para brasileiros após eleições

Procurar por um passaporte português passou a ser um plano alternativo, nas últimas semanas, para brasileiros que, receando o aumento da violência após as eleições presidenciais de 28 de outubro, equacionam deixar o país.

Donald Trump volta a defender separação de famílias na fronteira com o México

O Presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a defender este sábado a separação de famílias de imigrantes na fronteira com o México, encorajando todos os que "sentem" que vão ser separados a não entrarem no território.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.