Jornal Diário Jornal das 13

Vortal investe 1,2 ME em centro de desenvolvimento e inovação em Lisboa

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 16 mai (Lusa) - A Vortal inaugurou hoje em Lisboa um novo centro de desenvolvimento e inovação num investimento de 1,2 milhões de euros e que vai permitir contratar 50 pessoas, anunciou a empresa de gestão de plataformas eletrónicas de compras.

"A inauguração, em parceria com a COTEC Portugal, esteve a cargo do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral", refere a empresa em comunicado.

"Esta nova infraestrutura de investigação e desenvolvimento foi desenhada para acolher uma equipa multidisciplinar de mais 40 profissionais afetos a diversas áreas e que estão ainda em fase de recrutamento", adianta a Vortal.

Segundo o presidente executivo da Vortal, Rui Dias Ferreira, "este novo laboratório vem reforçar a liderança internacional da empresa na gestão de plataformas eletrónicas de compras".

O investimento representa o equivalente "a 4% dos resultados anuais da Vortal e insere-se na estratégia sustentada de promoção da inovação que prevê um investimento de cinco milhões de euros nos próximos três anos", acrescentou

Com uma faturação de 12,5 milhões de euros em 2017, a Vortal marca presença nos mercados de Espanha, Alemanha, Áustria, Itália, França, Eslovénia, México e Perú, detendo ainda a operação das plataformas nacionais de compras dos governos da Colômbia, República Dominicana e Honduras.

A empresa atingiu em 2017 a marca dos seis milhões de euros de contratos públicos adjudicados através das suas plataformas na Europa.

ALU // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Não param de aumentar os registos de alojamento local

Tem aumentado exponencialmente o número de registos de alojamento local em Portugal. Os proprietários estão a aproveitar enquanto a nova lei não entra em vigor. Com as novas regras, as autarquias passam a ter mais poderes e podem inclusive criar zonas nas cidades sem este tipo de alojamento.

Menos turistas estrangeiros reduzem dormidas nos hotéis em 2,9% em junho

As dormidas na hotelaria diminuíram 2,9% em junho em termos homólogos, devido sobretudo aos turistas estrangeiros que pernoitaram menos 5,1% nos hotéis portugueses nesse mês, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Portugal ascende ao 2º lugar dos países que mais fundos recebem de Bruxelas

Portugal recebeu, em três anos, 5,7 mil milhões de euros da Comissão Europeia, ascendendo ao segundo lugar entre os Estados-membros que mais fundos comunitários receberam até junho, segundo dados revelados por Bruxelas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Olá Maria!

Trend(i) - diferentes tipos de bolsas...

N'Agenda

Exposição 'Amor com amor...